Arquivo da categoria: comendo por aí

Godiva Strawberry

Morando no Brasil, muitas vezes tem uma marca, ou produto que a gente glamuriza. Seja porque vemos sempre em filmes, ou porque chega em terras tupiniquins com preços absurdos. E sempre é uma surpresa chegar nos EUA e ver que por aqui são coisas super normais.

Um exemplo disso é a Godiva. Chocólatras de plantão vão saber que é uma marca de chocolate super famosa e uma delícia! Mas que por aqui tem por todo canto. Sério. Todo canto. Você vai no supermercado: Godiva. Você vai num café: Godiva. Você vai numa livraria: Godiva. Não me entendam errado, eu não estou reclamando! Longe disso! Acho lindo! Ainda mais porque tem várias lojas espalhadas pela cidade, e é lá que a verdadeira mágica acontece: morangos mergulhados em chocolate Godiva. Yes, please! 

Quem sabe na foto falte algo para comparar, mas os morangos são gigantes! Escolho acreditar que eles crescem tanto assim porque sabem que vão ser mergulhados em Godiva! Quem sabe eu também teria crescido mais e ficado com altura normal se alguém tivesse ameaçado me mergulhar em Godiva… Nunca saberemos!

Bom, voltando ao assunto! Eles colocam em pacotinhos de papel e lá vem a delícia!

Agora é só passear por aí comendo morangos… No nosso caso estávamos na Quinta Avenida.

Mas você pode achar esses morangos pela cidade toda, mas atenção! Eles fazem uma vez por dia e quando acaba, acaba! Só no dia seguinte!

(Aquela coisa verde na minha mão é um Green Iced Tea Latte. Estou experimentando todas as bebidas do Starbucks pra ver qual será minha preferida. Essa eu achei uma delícia! Minha mãe e minha tia não gostaram. Mas pode ser que ela ser verde tenha tido alguma coisa a ver com isso…)

13 Comentários

Arquivado em comendo por aí, doce vida, NYC, Viagem com Açúcar

Bubby’s + Onze de Setembro em NY

Não faz muito tempo que estou aqui e já parece que faz muito tempo que eu não posto! Mas com aulas de manhã e uma mãe e uma tia que querem conhecer NY inteira em 10 dias a tarde, as coisas tendem a ficar um pouco atarefadas… Mas estou amando as aulas, e conhecer a cidade, então tudo bem! Como vocês podem imaginar, estamos comendo muito também! Então já estou pronta pra começar a dar dicas!

20110913-080338.jpg

Como o mundo inteiro sabe, domingo fizeram 10 anos desde o ataque de onze de Setembro. E devo dizer que foi uma experiência passar por isso aqui, onde tudo aconteceu. Por todo lado você via lembretes do que aconteceu, como no Rockefeller Center, que tirou todas as bandeiras dos países ao redor do mundo e substituiu por bandeiras americanas.

20110913-080413.jpg

Nas vitrines e nos quadros negros que ficam fora dos restaurantes, todos tinham uma imagem ou mensagem em homenagem à aqueles que morreram e suas famílias. E por todo lado ainda tinha um pouco de medo. Sempre que passava um caminhão dos bombeiros ou da policia, que aqui é tão comum, você via uma reação diferente das pessoas… Por isso recebemos ordem de ficar bem quietinhas em casa. Então, o que fizemos? Fomos parar a algumas quadras do Ground Zero! Só porque somos rebeldes! Uma experiência que eu estava louca pra ter um NY era o do brunch de domingo! Então escolhi o Bubby’s!

20110913-200253.jpg

Tem duas localizações, no Tribeca e no Brooklyn. O primeiro era mais perto, tanto de casa quanto do Ground Zero, então… O lugar é lindo, cheio de janelas e detalhes charmosinhos. Super aconchegante e com um staff bem atencioso! Aliás, foi o primeiro que nos avisou que as porções eram grandes! Então pedimos dois especiais de brunch e ta-dá!

20110913-201444.jpg

Devo dizer que foram as melhores panquecas que eu já comi na vida! Maravilhosas! E comum maple syrup orgânico também que era inacreditável! Em três tentamos comer os dois pratos inteiros e não conseguimos! Ainda queríamos experimentar as tortas e bolos pelas quais eles são conhecidos, mas isso vai ter que ficar pra próxima…

20110913-201944.jpg

Fica então a primeira dica! Bubby’s é um ótimo brunch, mas tome cuidado, pois dizem que lota muito na maioria dos finais de semana e não aceitam reservas! Mas mesmo que tenha algum tempo de espera, vale a pena! É o verdadeiro café da manhã americano!

2 Comentários

Arquivado em comendo por aí, dicas, NYC, Viagem com Açúcar

A vida segundo meu IPhone

Os últimos dias segundo meu IPhone:

1.uma cachorrinha não querendo me deixar ir embora.

2. o pânico de ver que meu voo de 10h e meia não tinha televisões individuais. Que coisa mais retro!

3. um jantar muito gostoso! (para ser comida de avião, é claro!)

4. agora, o café da manhã… Sério, uma banana?

5. Uma fila de imigração gigantesa às 6 e meia da manhã… Mas até celebridade pega fila! Olha quem tava do meu lado na fila: Oi, Guga!

6. Pegando um táxi com TV. Ai, que lindo!

7. E então, lá no fundo, eu enxergo NY!

8. Olá, ICE!! Nice to meet you!

9.  Meu novo vizinho, o Flat Iron Building. Hello, there!

10. Food trucks everywhere!

11. Almoçando às 17h. Mas um burrito que estava demais! Mas gostei até mais do guardanapo. Nele diz que os guardanapos são 90% de material reciclado, então aquele podia ter sido uma conta de luz ou uma multa de trânsito na vida passada. Forgive & forget.

Agora vou acabar de desfazer a mala, que por algum motivo está demorando um ano. Será porque eu trouxe roupa para um ano? Hum… Depois vou sair por aí!

8 Comentários

Arquivado em comendo por aí, doce vida, NYC, Viagem com Açúcar

Patsavouropita – o doce Leriota!

Já estou de volta em terras barsileiras, mesmo que por pouco tempo! Dia 28 parto pra NY, mas até lá ainda tenho muita coisa para contar da viagem!

Vamos começar contando sobre a maravilhosa, a deliciosa e a tão consumida Patsavouropita!

Como ensinei alguns posts atrás, pita quer dizer torta! Então você deve estar se perguntando, o que será Patsavouro? Será amêndoas? Manteiga? Chocolate? Ou alguma coisa igualmente deliciosa? E a resposta é nada disso, o nome quer dizer pano de chão.

Mas não deixem isso enganar vocês! É uma das coisas mais deliciosas que sua boca pode provar! E além de ser gostosa, ela tem um “que” a mais: ela é um doce Leriota, ou seja, inventado e vendido praticamente só na ilha de Leros! Que exclusivo, né? É comum você ver as pessoas indo embora da ilha carregando uma forma cheia dela.

Ela é feita basicamente de massa filo, yogurt, manteiga e uma calda de açúcar. Parece fácil de reproduzir, mas o problema é a diferença de ingredientes. Massa filo, mesmo se você conseguir achar, não é igual. E nem me façam começar a falar sobre o yogurt! Sério! Qual é o problema do nosso yogurt? Ele devia ter vergonha de se chamar assim! O yogurt grego é rico, macio e incrivelmente cremoso! Muitas vezes era nosso café da manhã E nosso lanche da tarde! Afinal, um pote assim, com mel e salada de frutas… Nada mal, né?

5 Comentários

Arquivado em comendo por aí, doce vida, Viagem com Açúcar

Meet Teddy!

A Grécia é a terra dos gatos, e isso é uma certeza! Por aqui, eles têm passe livre. Entram onde querem, ganham comida e água de todos, e ainda por cima sempre estão nos restaurantes tentando uma boquinha. Parece estranho, mas você de acostuma. Até eu, que sou uma apaixonada por cachorros, viro uma gateira. Mas como não, com olhos como esses?

Quando você menos espera, em vez de estranho você começa a achar bonitinho. Por exemplo, você vira e fala – Olha que gracinha esse gato tomando banho do meu lado, enquanto eu almoço! Vou tirar foto!

E como, no resto do mundo, em época de crise dizem que é tempo de vacas magras, aqui podemos dizer que é tempo de gatos magros. Os pobrezinhos não estão parrudos que nem os outros anos, então quando você vê ao seu lado um gatinho te olhando comer, que mia toda vez que você faz contato visual, qual é o resultado? Metade do peixe vai pra ele!

Mas como tudo na vida, sempre temos nossos preferidos. O meu é um que mora no Café del Mar, o restaurante em que a gente geralmente almoça. O nome dele é Panayotis, mas como eu acho que ninguém no mundo merece um nome desses, eu chamo ele de Teddy! E o Teddy passa metade do dia assim, dormindo em algum canto do restaurante.

Isso até o momento que ele decide que ele quer alguma coisa, então ele faz essa cara…

E pronto! Ele ganha o que quer! Geralmente é comida, mas às vezes é só carinho…

Falei que eu viro gateira…

6 Comentários

Arquivado em comendo por aí, doce vida, Viagem com Açúcar

Torre de Babel

Que estou na Grécia, isso todo mundo já sabe. Mas o que vocês não sabem é como é a comunicação por aqui. A confusão começa em casa, onde se fala italiano/grego/português/alemão. Com um pouquinho de cada canto, cada um fala o que sabe e entende o que consegue. É comum ouvir alguém dizendo – Como se fala “x” em “y”? E sempre tem alguém pra dar uma traduzida!

Fora de casa também é confuso. O grego não é fácil não, e eu até agora dominei o por favor, obrigado/ bom dia, boa tarde / quero um suco de laranja. Meu grego chega mais ou menos até aí. Tá bom, tá bom… também sei pedir uma coca. Mas felizmente todos eles, ou a maioria, fala inglês. Mas mesmo assim, às vezes da um desespero quando você chega em algum lugar e o cardápio é assim:

Uia, né!? Mas daí o que os gregos fazem? Nos ajudam e tá-dá! Do outro lado é assim:

E é essa panificadora que nos fornece o café da manhã de cada dia. Passamos lá e voltamos com pães, biscoitos, milopitas (tortas de maçã), tiropitas (tortas de queijo)… Viram? Vocês acabam  de aprender 3 palavras em grego!! Milo = maçã, tiro=queijo, pita=torta!! Sou praticamente uma aula ambulante!

Todas são uma delícia, mas a campeã, pra mim é a tal da Bougatsa, que é uma massa folhada com um recheio de creme… huummm

Mas mesmo assim, o café da manhã preferido pra mim é outro. No caminho da praia tem uma quitanda, e nessa quitanda tem cerejas. Mas não qualquer cereja, mas sim as melhores do mundo! Então compro um pacotão dessas belezuras, e vou caminhando para a praia. E lá fico, deitadinha, comendo minhas frutinhas… Nada mal, né?

4 Comentários

Arquivado em comendo por aí, doce vida, Viagem com Açúcar