Arquivo da categoria: doce universo

Cozinhas Sonho – Black

Cozinha é uma área da casa conhecidamente branca, né? Pode ser pelo mesmo motivo de hospitais, para parecer mais limpos, e é claro, dar pra ver quando está sujo! Mas acabo achando cozinhas que seguem esse conceito à risca tendem a ser um pouco… sem graça. A cozinha é um dos lugares mais gostosos da casa e tem que ser convidativo! E uma corzinha sempre ajuda nisso! Mas e se essa cor for preta?

Tem gente que escolhe um canto da cozinha, pinta de preto e dá outra cara pro ambiente!

Podem ser só os móveis, também.

Mas pra mim, o mais legal mesmo é aquela tinta preta que você pode escrever como se fosse quadro negro! Daí o pessoal solta a imaginação mesmo! Pode ser com frases:

Liberar pra criançada:

Ou transformar cantinhos sem graça no destaque da cozinha!

São jeito super legais, mais também tem gente que, na minha opinião, perde a mão. Essa aí de baixo é um exagero, não acham? Sério, teto preto? Sério?

Mas sempre fugindo do comum!

Anúncios

1 comentário

Arquivado em cozinhas sonho, doce universo

Tecno Lovin’

Follow my blog with Bloglovin

Hoje em dia parece que cada vez que você pisca surge uma novidade nesse mundo da internáutico. Devo confessar que adoro isso, especialmente quando facilita sua vida! Por exemplo, você sabia que têm vários jeitos de você acompanhar o blog?

1. Feed!

O mais clássico! Você pode se inscrever aqui no blog e receber um e-mail cada vez que tiver posts novos! É super fácil, é só ir na barra direita, onde diz Assine o Feed do Confissões e clique em Me Inscreva! Pronto!

2. Facebook!

Meu preferido! Não sei vocês, mas eu sou meio viciada no tal do “feice” e estou sempre por lá! Faz umas duas semanas que comecei a página do blog! Você só precisa entrar na página por aqui e clicar em CURTIR! Coisa que estamos bem acostumados ultimamente, né? Eu me vejo procurando o botão de curtir até no Twitter… Mas moving on! Se você der curtir, você recebe na sua timeline quando tiver novidade, não só do blog mas como do mundo culinário!

3. BlogLovin

Fui apresentado por BlogLovin semana e já estou amando! É um site que você coloca todos os blogs que você segue, e ele junta todos os posts novos pra você! Então, em vez de ir entrando em cada blog pra ver se tem novidade, você só vai dando NEXT pra chegar nos posts do seus blogs preferidos! Se você, como eu, tem uma lista inacreditável de favoritos é realmente uma mão na roda! Clique aqui e vá anexando seus blogs!

4. Twitter!

Bom, esse na verdade é meu. Assim, pessoal. Mas como eu sou o blog e o blog sou eu, não seria a mesma coisa? Sempre aviso quando sai post novo por lá também, entre muitas outras amenidades e besteiras. Clique aqui se quiser me seguir na terra do passarinho azul!

E é isso, pessoal! Nos vemos na “interwebs”!

2 Comentários

Arquivado em doce universo, doce vida

Confissão: A Receita Secreta

Quando comecei esse blog, no meu primeiríssimo post, falei que meu brownie sempre fez sucesso com meus amigos e minha família. Aliás, falando com a minha mãe esses dias, foi o estopim de todo esse meu amor pela cozinha. Mas a partir disso, vem uma confissão: Eu não passo a receita pra ninguém.

Sim, eu sei. Muito rude. Mas a receita é de minha autoria, e eu gosto dela. Gosto muito. Claro que tem pessoas pra quem não tem como negar, então membros selecionados da família tem, mas com muita dor no meu coraçãozinho. A Lu, do Rosmarino, já falou disso no blog dela, e eu concordo com tudo que ela disse aqui. Mas sabe como é, eu prefiro admitir pro mundo que eu sou egoísta nessa, do que passar a receita errada, né? Afinal, tem uma partezinha do inferno reservada só pra quem faz isso!

Tendo tirado isso do meu peito, vamos continuar! Essa semana tinha várias pessoas que queria presentear e queria dar um presente bem doce. E depois de ver que a Glau, do Quitandoca, fez um brownie de marmita para dar de presente, resolvi fazer minha própria versão!

A Glau fez em potinhos de metal mais bonitinhos, mas eu resolvi fazer bem marmitinha, e comprei aqueles de alumínio mesmo, do menor tamanho possível. Daí é só fazer sua receita de brownie preferida. Ah, vai! Eu sei que você tem uma, não precisa me fazer sentir mais culpada por não passar!

Divida a massa nas forminhas e mande pro forno! Enquanto assa, você vai ter tempo de fazer o resto. Eu queria imagens bem bonitas pra isso, então passei num sebo aqui perto e comprei esses dois atlas da National Geographic.

Depois escolhi as foto mais bonitas e coloridas, que sendo num livro da National Geographic não foi nem um pouco difícil! Peguei a tampinha da marmita, colei e recortei.

E ficaram assim:

Quando meu exército de mini-brownies saiu do forno já estava tudo pronto.

Esperei esfriar e tampei! Vai dizer que não dá outra cara?

Como você pode ver, alguns deles tinha recadinhos. Isso porque foram personalizados para as pessoas que iam ganhar, como a minha tia que acabou de chegar do Peru!

Minha vó que operou o pé…

E por fim, pro meu vô, que como eu, não vive sem chocolate!

Os outros foram pras meninas da Pós, no nosso jantar de despedida, já que estamos acabando a aula! Hurraay! Tá, mentira. Só eu estou acabando a aula, elas ainda tem outros módulos. Eu que sou um pequeno gênio e acelerei. (cof, cof!)

Bom, todos que receberam adoraram, e eu também achei que ficou uma graça! Fácil de fazer em casa, e você pode usar o que quiser para cobrir as tampas. Papéis de scrap, folhas de livros antigos, páginas de gibis, mapas… O que seu coraçãozinho mandar!

12 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, confissão na cozinha, dicas, DIY, doce universo, doce vida, receita

KitKat, antes por aqui!

Se você tem Facebook, você provavelmente deve estar sabendo que o Kit Kat está voltando pro Brasil! Isso porque essa notícia só deve estar perdendo para a Banda Mais Bonita da Cidade, como a coisa mais compartilhada do ano!

Se você ama esse chocolate e era do tipo que não via a hora de alguém ir viajar pra fora pra pedir pra trazer, deve estar feliz como eu! Pelo jeito a espera vai ser curta, que em pouco tempo já teremos nos supermercados. E por aqui vai ser menor ainda, já que minha tia está de visita lá do Peru e olha só o que ela trouxe pra mim!

Oh, yeah! Vou começar a me reacustumar a ter essa belezura por perto!

1 comentário

Arquivado em doce universo, doce vida, eu quero!

Receita de Cinema

Acho incrível como sempre tem gente inventando um jeito novo de fazer coisas velhas. Passar receita não necessariamente é aquele jeito de antigamente, que passava de caderninho pra caderninho. Hoje existem os blogs, tem gente que desenha explicando, e agora faz até vídeo! Este é do Tiger in a Jar, que fazem vídeos lindos, e dessa vez fizeram uma receita de bolo de beterraba! E o vídeo consegue transformar um simples bolo em arte!

A receita está em inglês, mas como uma imagem vale mais que mil palavras, acho que dá pra entender, né?

2 Comentários

Arquivado em doce universo

Roma, doce Roma

Hoje, quem vai escrever vai ser minha mãe, a Jô. Ela também tem um blog, o Arte Amiga. Ela tem porque me copiou. Sim, essa é a mais pura verdade. Feio, eu sei. Mas eu amo ela mesmo assim. E devo admitir que o blog dela… bom, pode ser que seja mais legal que o meu. Mas, vou deixar vocês serem os juízes. Já falei que vocês estão lindos hoje? Mais magros e interessantes? Bom, só comentando! Mas voltando ao assunto, minha mãe foi viajar por Roma, pra visitar meu irmão que está morando por lá. Eu sei, pobrezinho. Mas agora ela vai contar um pouco das doçuras de Roma!

“Estive em Roma e como mãe de uma doceira, prestei muita atenção aos doces romanos. Na verdade, nem precisa prestar muita atenção, pois a gente tropeça em confeitarias e sorveterias a cada 5 passos. Tudo é apetitoso e delicioso, mas eu tenho a sorte de enjoar fácil de doces, por isso preferi fotografar.

O povo italiano é movido a café. O capuccino é o preferido e qualquer hora é hora. Foi lá que nasceu o café espresso ristreto, fortíssimo. Nas cafeterias que estão a cada esquina, tem uma quantidade industrial de docinhos e cornetos, que estão ali para acompanhar o café. Ou seja, italiano passa o dia tomando café e comendo doce. No intervalo, uma pizza, é claro.

Confeitaria básica no meio do caminho. Irmão da Marina tomando um capuccino.

A confeitaria que achei mais formidável foi a Cristalli di Zucchero. E nessa viagem descobri que tem uma filial bem pertinho de um ponto turístico que muita gente adora visitar, apesar de eu não ver a menor graça nele: a Boca della Veritá. A história é que o povo vai lá para colocar a mão dentro da boca – se falar a verdade, nada acontece, mas se estiver mentindo, a boca decepa a sua mão. Programão, não?

Cristalli di Zucchero.

Sorvete é outra delícia essencialmente italiana. Os sabores são os mais variados, a textura perfeita e eles são totalmente contra usar aquela colher para fazer bolas de sorvete. O negócio é espalmar artesanalmente quantidades generosas sobre o corneto e ainda coroar com uma dose de panna (chantilly quase sem açúcar, só para calibrar calorias). E eles têm um sabor que adoro e que ainda não vi aqui no Brasil: o Fior di Latte.

Nutella é italiana, quem não sabe? Isso significa que crianças italianas têm a mesma relação com a Nutella que nós aqui temos com a margarina ou o requeijão cremoso: servem para passar no pão. Só isso para mim já era meio estranho, mas comemos um sanduiche de Nutella, com óleo de oliva e grãos de sal. Bizarro? Mas delicioso!

Sanduíche de Nutella, óleo de oliva e sal!

Quer ir visitar um amigo? Não apareça sem levar uma torta. A sorte é que em todo canto tem uma geladeira bem recheada como essa para você não aparecer de mãos abanando.

E resolvi testar e mostrar a receita do meu doce italiano preferido, sempre prontinho nas geladeiras das confeitarias, os Profiteroli al Cioccolato.

Se você, como eu, gosta de cozinhar mas acredita que dá para fazer isso de modo prático, compre profiteroles prontos em alguma confeitaria perto da sua casa. São também chamadas de Carolinas, devem ser pequenas e sem recheios. Para essa torta usei apenas 12, mas você vai definir a quantidade de acordo com a “pirâmide” que você quer fazer.

Ingredientes:

12 carolinas pequenas

Profiteroles comprados e vazios.

Cobertura de chocolate:

150 gr. de creme de mesa fresco

10 ml de leite

170 gr. chocolate meio amargo em pedaços

Coloque o creme de leite e o leite em uma panela. Quando estiver perto de começar a ferver, adicione o chocolate, desligue o fogo e mexa até dissolver os pedaços do chocolate e formar uma calda lisa e homogênea. Coloque na geladeira para atingir o ponto ideal. Enquanto isso, bata o chantilly.

Chantilly para o recheio: bater 250 gr. de creme de mesa fresco com 1 colher  de sopa de açúcar e uma colher de chá de açúcar de baunilha. Se quiser um chantilly mais leve, adicione uma clara batida em neve.

Montando a delícia: Faça um furo pequeno com o cabo de uma colher na parte debaixo do profiterole, coloque o chantilly em um saco de confeiteiro.

Furo no fundinho.

Recheando com chantilly.

Recheie os profiteroles e depois mergulhe-os na calda de chocolate. Dá um banho de chocolate, pesca a delícia toda enchocolatada  e vai montando a pirâmide. Pronto e lindo!

Banho de chocolate! Também quero!

Dá nisso…

E se você quiser assistir uma italiana ensinando a fazer esse doce, fique à vontade. Ela é bem mais disposta do que eu, ensina até a fazer a massa dos profiteroles:

Marina, adorei estar aqui! Bjo da Mamma.”

14 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, comendo por aí, dicas, doce universo, doce vida, doceiro convidado, passo a passo, receita, Viagem com Açúcar

1 ano

Um ano atrás tudo começou. Comecei a fazer mais receitas, comecei a contar mais sobre mim, comecei a escrever mais, comecei a considerar fazer isso de verdade. Comecei o blog. E já comecei na cozinha! A primeira receita que vimos por aqui foi de Cupcakes de Manteiga de Amendoim! Recheados com geléia de framboesa e com cobertura de ganache!

Muitas receitas rolaram por aqui. Algumas delas foram:

{Red Velvet Cupcakes} / {American Pancakes} / Torta Vulcânica

{Cracker Jacks} / {O Famoso Twix Caseiro} / {Brownie Cheesecake}

{Brookie} / {Moon Pie} / {Torta de Ganache}

Como nem tudo por dar certo, teve um fudge stick da Chocolatria que não quis virar stick de jeito nenhum! Vimos um marshmallow dar extremamente errado, mas também eu aprender a fazer um de verdade! E uma tentativa de Rock Candy esquecida e completamente falha!

Confessei o quanto eu odiava Crocs, e alguns meses depois, quem diria, ela salvou minha vida! Me apaixonei e confessei. E grito pra todo mundo que quiser ouvir! PAM, AMO VOCÊ!

Usei muitas cobaias pelo caminho. Esse aí embaixo experimentaram:

{Cinnamon Rolls}

{Doughnuts} / {Bolo Mármore} / {Snickerdoodles}

Juntei meu amor por cinema e doces e fiz muitos Cinema com Açúcar!

{Toy Story 3 + Cake Pops}

{O Discurso do Rei + Waffles}

{A Origem + Cinnamon Rolls}

{Whip It + Saltine Toffee}

{Comer, Rezar, Amar + Brownie Cookies}

{Minhas Mães e Meu Pai + Papo de Anjo}

{Cisne Negro + Mousse de Chocolate}

{127 Horas + Nozes Carameladas}

{A Rede Social + Crostata de Morango}

E ainda comecei a trabalhar, e muito graças a este blog! Agora trabalho no Gepetto e sou responsável por mesas como esta!

Obrigada a todos que visitam, lêem, comentam. Que divulgam, contam pros amigos e se divertem por aqui.

É por essas coisas que ter um blog é tão gostoso e por isso ele continuará por muito mais tempo!

3 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, Cinema com Açúcar, confissão na cozinha, doce universo, doce vida, passo a passo, receita