o Natal vem vindo! vem vindo o natal!

large-3

Menos de três semanas pro dia mais legal do ano! Depois do meu aniversário, é claro!

Então já está na hora de começar a pensar em decorações de Natal. Não vou nem falar em “começar” a pensar em comida de natal, porque se você for como eu, já está pensando nisso faz muuuuito tempo! Mas que tal decorar seu natal COM COMIDA?! Sim, se prepare!

O gingerbread é um biscoito milagroso. Sim, ele é uma delícia, cheio de temperos e perfeito pra comer com chá! Mas o mais legal é que ele é basicamente o Lego dos biscoitos, você pode construir o que quiser com ele!

Assista o vídeo pra ver como se faz, e logo em seguida vem os ingredientes!

Ingredientes:

200g manteiga sem sal

220g açúcar mascavo

2 ovos

450g de melado

540g de farinha de trigo

1 1/2 c de chá de fermento

4 c de chá de gengibre em pó

4 c de chá de canela em pó

1 1/2 c de chá de cravo em pó

1 c chá de pimenta preta em pó

(como fazer está no vídeo!)

O template da casinha está no site da Rainha Martha Stewart: aqui!

Ou você pode fazer como eu e arriscar fazer a própria casinha! Vocês sabem que eu gosto de viver perigosamente.

Semana vou ensinar a decorar eles de um jeito fácil, mas que vai ficar uma gracinha!

Enquanto isso, fiquem com algumas inspirações pra tentar em casa!

IMG_5053e gingerbread IMG_4961eclarge-2

Deixe um comentário

por | 5 de dezembro de 2013 · 9:49

pudim de chocolate ao quadrado

Pra variar hoje está um dia horrível em Curitiba. Frio e chuva. Numa segunda-feira. Ainda por cima já é Novembro de meu corpo acha que eu já devia estar usando sandálias, e não a bota que nesse momento cobre meu pé. Mas a gente trabalha com o que tem e é o que tem pra hoje.

Mas e se tivermos um Pudim de Chocolate por perto? As coisas melhoram, né? E se for um pudim duplo de chocolate? Agora tem quase sol lá fora, né?

Vamos lá! Ingredientes!

DSC_0387

130g açúcar

40g de cacau em pó

30g maizena

600ml leite integral

4 gemas

20g manteiga sem sal

150g de chocolate meio amargo

1 colher de chá de extrato de baunilha

1 pitada de sal.

Esse é o tipo de receita que você tem que começar se preparando. Não adianta colocar tudo no fogo e depois pensar que não tem onde colocar. Então vamos pensar no mise en place, ou em bom português, tudo no seu lugar! Começa se preparando com uma tigela cheia de gelo, uma tigela por cima, e por cima disso ainda coloque uma peneira. Quase um totem, mas tá valendo.

DSC_0396

Lindo. Agora vamos pra receita em si! Nossa missão nessa receita é conseguir o pudim mais lisinho possível! Então comece dissolvendo bem a maizena no leite.

DSC_0390

Dissolve bem, senão vai ficar com gruminho e você não vai curtir. To te cuidando. Vem comigo que é só sucesso.

Então junte com o açúcar, cacau e sal numa panela. Misture as gemas e coloque no fogo. Agora se prepare. Você vai mexer isso, e muito. Pegue um fuet e boa sorte. Tem ido pra academia recentemente? Porque vai precisar do muque! Deixe em fogo médio, sem parar de mexer, até sair a primeira bolha. Não pare de mexer, abaixe o fogo e deixe mais um minuto. Já falei que não pode parar de mexer? Depois desse minuto, rapidamente misture a manteiga e o chocolate. Já mencionei que é melhor ficar mexendo?

DSC_0402

Assim que tiver incorporado tudo, passe pela peneira, pra garantir que nenhum pedacinho, gruminho ou qualquer outro inho tenha ficado pra atrapalhar a sua textura! Coloque naquela ‘tigela-de-impressionar-visitas’ e pronto! Agora você pode ficar admirando a beleza que você acaba de criar.

Sério, olha isso:

DSC_0406

Vou até por outro ângulo, assim garanto que a segunda feira melhora.

DSC_0408

Sério, olha o quanto brilha. Será o sol lá fora ou só aqui dentro?

DSC_0374

Acho que não importa, tudo que importa é essa maravilha prestes a ser comida.

Melhorou sua segunda, né?

2 Comentários

por | 4 de novembro de 2013 · 14:55

Viagem com Açúcar

photo

O blog anda com tanta novidade quem nem eu tô me aguentando!

Eu viajo muito. Isso acho que todo mundo sabe. Tanto que desde que eu voltei da Itália, todo mundo que me encontra pergunta: e aí? Qual o próximo destino? E então eu respondo, não, não… Vou ficar pelo Brasil mesmo. Depois disso ou a pessoa dá um pouco de risada ou me olha com a cara mais incrédula do mundo.

Quando, alguém me diz, quando que eu gerei essa fama de que eu sou incapaz de ficar no Brasil?! Foi quando eu fui morar em NY?! Ou quando eu fui morar em Roma? Ou… quando eu fui visitar meia dúzia de países no último ano…

Tá, acho que vou ficar quieta e aceitar minha fama.

Mas o caso é que eu viajo bastante. E que quando eu viajo eu faço turismo gastrônomico. Isso quer dizer que quando eu estava em Paris, deixei vários museus e igrejas sem visitar, mas que conseguia tempo para o almoço, a sobremesa, a segunda sobremesa… Eu era quase um hobbit. (We’ve had one, yes. What about second breakfast?) Sendo assim eu tenho muitas dicas pra dar, e que são requisitadas sempre que alguém que conheço está indo viajar. E é de Paris mesmo que vem a primeira dica!

Ahhhh, Paris. Sempre gostei dela. Desde que tinha seis anos e fui pra lá pela primeira vez. Lembro de chegar no Louvre, olhar para o tamanho daquele museu… e me jogar no chão. Como eles esperavam que minhas perninhas, que aliás nunca cresceram muito mais do tamanho que tinham, conseguissem andar tudo aquilo?! Eles estavam loucos?! Bom, devo dizer que nessa última vez que eu fui o foco foi beeeeeem mais direcionado pra comida do que para artes. Oops.

Então vai aí a dica de não só a melhor refeição que eu fiz na viagem, mas a melhor refeição que eu fiz na minha vida. Eu disse, NA MINHA VIDA! O restaurante se chama Comptoir de la Gastronomie, que deve ser francês pra “Eu já posso morrer feliz”. Lá eu comi um ravioli com trufas e fois grois feito por eles mesmo. Tudo isso numa banheira de creme, servido com o melhor pão que suas papilas gustativas vão ter a chance de provar.

IMG_6736

Agora, por favor, eu preciso de um minuto. Estou salivando tanto que não é um ambiente seguro para o meu computador.

Voltando. Pratão, né? Um super almoço né! Ainda mais somando pão e vinho… Mas não, eu não comi só isso. Eu avisei que eu sou um hobbit. Estava na hora do segundo almoço! Um steak tartare, com uma montanha de batatas fritas pra acompanhar!

Tinha uma salada junto, mas quem nós queremos enganar?

IMG_6738

E agora o aviso de que estou leiloando um rim em boas condições pra comprar uma passagem pra Paris e repetir este almoço. Interessados, favor entrar em contato. Foi um almoço tão, mas tão bom que fui duas vezes numa viagem de 5 dias. Que viraram 6. Mas isso é uma história pra outro dia.

Agora é hora da sobremesa! Assistam o vídeo e me vejam desvirtuando uma receita francesa e transformando numa coisa mais brasileira!

Ingredientes:
100g chocolate meio amargo
80g manteiga
115g farinha de trigo
115g açúcar
2 ovos
3 gemas
180ml leite
chocolate branco pra decorar

Vai lá assinar o canal, vai?

5 Comentários

por | 4 de outubro de 2013 · 16:16

Livros com Açúcar – Mastering the Art of French Cooking

DSC_0670

Quando comecei esse blog, fazia poucos meses que o filme Julie e Julia tinha sido lançado. Como era de se esperar recebi alguns comentários de ‘Uau, igual no filme!’. Pra falar a verdade uma coisa não teve nada a ver com a outra, o começo do blog foi mais ao acaso que inspirado em alguém.

Mas quanto mais a minha vida na cozinha foi passando, mais e mais eu fui me identificando com a Rainha Child. Uma mulher que acredita que qualquer um pode cozinhar, que os erros na cozinha nunca aconteceram se ninguém ver. É quase como ela transformasse o famoso “se uma árvore cai na floresta e ninguém escuta, ela faz barulho?” em “se a omelete se espatifa quando você tenta virar ela na cozinha, alguém vai saber quando você servir ovos mexidos na mesa?”.

Como essa mulher é quase minha irmã de alma, nada mais justo que o primeiro post do Livros com Açúcar fosse dela! Esse livro aí foi comprado numa das minhas lojas preferidas de NY, a Alabaster Bookshop, uma minúscula livraria de livros usados. Daquelas que tem tudo, desde primeiras edições assinadas pelos autores a cópias de Crepúsculo sendo doadas do lado de fora. E que isso é o que você encontra dentro dela não atrapalha também.

IMG_1385

E foi lá que eu encontrei essa belezura! Já teria sido o suficiente que era um livro que eu sempre quis, com cara de antigo e que custava só 10 dólares! Mas não, ele é muito mais que isso. Uma coisa que eu descobri muito recentemente é que ele é a SEGUNDA EDIÇÃO! Sim, e eu paguei 10 dólares. Choquem.

DSC_0675

Mas as coisas legais desse livro não param aí! Ele veio com pedacinhos da pessoa que tinha ele antes! Como assim? Dentro das páginas vieram guardadas receitas xerocadas e com anotações, e também jornais antigos com recortes de receitas.

PicMonkey Collage

Sou só eu que acho essas coisas antigas mega românticas? Fico imaginando essa mulher, vestindo seu avental, de pé na sua cozinha aprendendo com a Julia. E cá estou eu, quase 55 anos depois fazendo a mesma coisa. Como não ver a beleza disso??

Então vamos dar as mãos e fazer um passeio romântico no tempo e na cozinha com a Julia, e aprender a fazer o Mousse de Chocolate! E pela primeira vez no blog, em vídeo!

Vejam como fazer e ainda aproveitem minha maravilhosa imitação da Julia!

E sabem, aquele esquema de sempre! Se gostar do vídeo, entra lá no youtube, dá um like, assina o canal, manda pra todas as mulheres da família e pros homens seletos que se aventuram na cozinha. Sabe, quase nada!

Os Ingredientes seguem abaixo!

170g de chocolate meio amargo
170g de manteiga
170g de açúcar
4 ovos (claras e gemas separadas)
2oz ou 60ml café
uma pitada de sal
1/2oz ou 15ml de Rum

5 Comentários

por | 23 de setembro de 2013 · 15:27

esse é o canal!

Bom, gente. Já falei muito por aqui da minha falta de vergonha na cara. Mas hoje, no YouTube mais próximo de você, chega o cúmulo disso: o primeiro vídeo do Canal do Confissões de uma Doceira Amadora!

Então, sem mais delongas, deem o play e conheçam a minha cara! Ou riam dela. Eu deixo. Eu certamente ri bastante da coitada…

Se gostarem, inscrevam-se no canal, deem um like, contem pros amigos! Se não gostarem, inscrevam-se no canal, deem um dislike e contem pro amigos!

Ei, boatos que toda propaganda é boa propaganda!

8 Comentários

por | 11 de setembro de 2013 · 9:16

livros com açúcar

Imagem

Outro dia estava arrumando meu quarto e… Tá. Vou parar aqui porque consigo ver minha mãe lendo isso lá da sala e gritando “MENTIRA!!!”. Não, eu não estava arrumando meu quarto. Isso acontece só quando o cometa Halley passa. Reformulando. Outro dia eu estava no meu quarto e comecei a reparar quantos livros de receita eu tenho.

Em português, inglês, francês, italiano, novos, velhos, clássicos. O sabor que você quiser, tem. Mas me toquei que muitos deles nunca tinha parado pra realmente ver todas as receitas, quem dirá testar elas! Então resolvi mergulhar neles e compartilhar também!

Começando essa semana, vamos ter sempre uma resenha de um livro de receitas e uma receita tirada desse livro! Três vivas pra motivos para fazer testes! Vai ser uma série de posts como o Cinema com Açúcar, que junta filmes e receitas!

Mas enquanto isso, mantendo o tema de aproveitar livros, vou fazer propaganda da minha mami. Minha mãe é o máximo, e esse é o básico que você precisa saber dela. Ela, além de ter o blog ArteAmiga super atualizado e ainda melhor escrito, faz parte de uma iniciativa brilhante: a Freguesia do Livro.

Captura de Tela 2013-09-09 às 12.20.57

A Freguesia pega aqueles livros que estão parados na sua prateleira e dá um novo destino, uma nova casa, um novo leitor.

Vai, você está em casa? Olhe em volta. Aposto que tem vários livros a sua volta que você leu faz tempo e realisticamente nunca mais vai voltar a ler. A Freguesia pega esses pobres livros-transformados-em-decoração e monta pontos de leitura nos lugares mais inusitados. É um jeito maravilhoso de incentivar a leitura!

Entre no Blog e veja como colaborar!

Enquanto isso, conte aqui! Você tem um livro de receitas preferido?

3 Comentários

por | 9 de setembro de 2013 · 12:38