Arquivo da tag: biscoito

Casa dos Avós

A casa dos nossos avós sempre é um lugar especial. É um lugar de família, comidas gostosas, brincadeiras, almoços e muito mais. Pra mim, pelo menos. A minha acho que ainda mais. Minha família, toda quarta-feira, almoça lá. É sagrado, as pessoas mudam compromissos pra poder comparecer. Até na faculdade meus amigos sabiam que quarta-feira não podia, era dia de almoço na Casa da Omi (Vó em alemão). E alguns especiais até foram convidados a comparecer!

A casa deles tem um quintal maravilhoso, que na minha infância tinha parquinho, campinho de futebol e casinha de boneca. Ou seja, o paraíso dos netinhos! Mas os netos foram crescendo, e o quintal amadurecendo. Deixou de ser o lugar de brincadeiras e começou a ser o lugar dos meus avós. Por exemplo, esse é meu avô em seu habitat natural:

Ele é tão natural ali que muitas vezes quando vou dar tchau não consigo achar. Ele tá atrás das plantas das árvores, e se mistura por ali. Mas tem certas coisas no jardim que não se misturam tão bem. Dá uma olhada:

Plantado no meio do jardim, um carro antigo. Lindo, maravilhoso, mega bem conservado. É nele que eu vou chegar no dia que eu casar! Não sei com quem, mas sei com que carro eu vou. E ele tá ali, do lado lindo do jardim que meu vô cuida com tanto carinho.

Hoje o jardim é o playground de dois meninos: o Francisco e o Bonifácio. Mais conhecidos como Chico e Boni. Eles não são umas gracinhas?

E ali, ao lado de tantas flores, mora o Atelier de pintura da minha vó e suas flores pintadas. E os dois se juntam e convivem perfeitamente.

Lá dentro, várias coleções maravilhosas. Meu vô coleciona de tudo, miniaturas, patos, pratos, cinzeiros, isqueiros, e por aí em diante. Minha mãe já até falou disso no blog dela. Mas a que eu mais invejo e admiro é essa:

Viu a quantidade de câmeras? Novas? Velhas? Extremamente velhas? Ahhh… a beleza! E é claro que a companhia de muitos DVDs e livros também ajuda!

Mas outra coisa que faz essa casa ser tão especial hoje em dia, é que minha vó é uma doceira de primeira! E de tempos em tempos a gente se encontra pra ela me ensinar uma receitinha. E essa foi a da vez:

Docinhos de Aveia

É uma receita alemã. Tem um nome alemão. Não queiram saber qual é. Não tenho essa capacidade.

Essa é a receita. Direto do caderno de receita da minha avó (que honra!), e com a letra da minha tia Dóris. Porque a receita é dela! Bom, se preparem. Essa receita é bem difícil. Horas na cozinha. Muito suor e dor nas costas.

Tá bom, estou brincando. É extremamente fácil. Ótimo pra crianças. Ou preguiçosos.

Junte a aveia, com a farinha e o açúcar peneirados.

Junte os outros ingredientes e misture. A massa toda deve ficar úmida.

E pronto! Massa feita! Complicado, não. Agora é só por bolinhas, bem distantes uma das outras numa forma untada. Bem distantes. Tipo, muito mesmo!

Vocês viram o que eu escrevi, né? Vocês repararam que nós não fizemos isso? Bom, 15 minutos de forno depois e eles saíram assim:

Tudo bem, eu gosto desse look rústico!

É o tipo de biscoito que te surpreende, parece simples, mas é uma festa na sua boca.

E pra mim, vai sempre lembrar a casa dos meus avós.

Anúncios

16 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, passo a passo, receita

Happy Valentine’s Day!

valentines

“There are as many forms of love as there are moments in time.” – Jane Austen

Hoje é o famoso dia dos namorados americano, o Valentine’s Day! E pra mim, qualquer dia que lembre o quanto é importante o amor, tem quem ser valorizado. Se você é casado, namora ou está perdidamente apaixonado por alguém que ainda não sabe disso e quer fazer um mimo nesse dia, aí vão algumas inspirações para conquistar pela barriga! Pergunte pra sua avó, boatos que isso funciona!

E se você está solteiro, pode inspirar-se e fazer pra si mesmo, ou um amigo! Afinal, amor é amor!

Vamos começar com os Cake Pops! Agora que já sabemos como fazer, é só enfeitar apropriadamente! Esses são da linda da Bakerella.

Cake Pops

 

Esses, também dela, são mais difíceis, mas ela explica como fazer!

Você pode fazer coisas simples, e que sempre agradam, como morangos e chocolate. Esses foram mergulhados 3 vezes, cada vez em um chocolate diferente.

trice dipped

Vale apostar nas cores.

macaroon pops

sticks

Como também em qualquer coisa que tenha um formato de coração!

mini tortinhas

biscoito

cupcakes de coração

O próximo é demais! Brownie preto e branco, cortado e encaixado. Vai dizer que o efeito não é maravilhoso? Da Smitten Kitchen.

brownie xadrez!

E só lembrando, amor é amor! Não importa raça, sexo ou religião.

Um bom Valentine’s Day pra todos!

 

1 comentário

Arquivado em dicas, doce universo

Mais do Twix

twix natalino

Bom, pessoal! O Twix Caseiro fez tanto sucesso que, além de bater o recorde de visitas com mais de 8 mil em um dia, muitas pessoas pediram a receita traduzida.

Relembrando que pra quem entende inglês, a receita original está aqui. Comecei dizendo que ia mandar por e-mail, mas como foram muitos pedidos, e nesta época o tempo é curto, vai aqui mesmo!

Twix Caseiro

Biscoito:

160 g de manteiga, em temperatura ambiente

1/4 xícara de açúcar

2 xícaras de farinha de trigo

Pitada de sal

Como fazer:

Pré aqueça o forno. Unte uma forma pequena, eu prefiro usar a Pam. Coloque papel manteiga e unte o papel manteiga. Sim, você leu direito. Você vai me agradecer na hora de tirar da forma.

Numa tigela junte o açúcar e a manteiga. Vá acrescentando aos poucos a farinha e o sal. A massa vai ficar bem separada, mas quando você amassar com a mão ela deve se juntar facilmente.

Coloque na forma e aperte firmemente no fundo da forma, até ficar uma camada uniforme. Asse durante 20 minutos em forno médio, ou até estar dourado. Retire do forno e deixe esfriar, mas não tire da forma. Enquanto isso comece o caramelo.

Caramelo

Ingredientes

2 xícaras de açúcar

3/4 xícara de glicose (tipo Karo)

1/2 xícara água

1 colher de chá de suco de limão

1 xícara de creme de leite

1 xícara de leite condensado

1/4 colher de chá de sal e mais um tanto para a camada por cima do caramelo

Como fazer:

Lembre, você precisa de um termômetro de bala!

Junte numa panela o açúcar, a glicose, água e suco de limão. Misture e aproveite porque será a última vez em muito tempo. Coloque a panela em fogo médio alto e não misture mais. A mistura vai começar a borbulhar bastante, mas é normal. Espere até ela chegar a 145º. Assim que chegar tire do fogo e espere as bolhas acalmarem. Coloque cuidadosamente o creme de leite, e muito cuidadosamente misture. Por favor, cuidado. Lembre o que aconteceu comigo! Depois que esteja bem misturado, junte o leite condensado e o sal. Misture bem e coloque de volta no fogo. Espere até chegar em 115º e tire do fogo.

Jogue o caramelo por cima do biscoito e enquanto ainda estiver quente jogue o sal por cima, e deixe esfriando por uma hora. Depois disso deixe mais uma hora na geladeira. Enquanto isso passe para o  chocolate.

Chocolate

Ingredientes:

200g de chocolate meio amargo

2 colheres de sopa de manteiga

Como fazer:

Derreta o chocolate em bain marie ou no micro ondas. Misture a manteiga até homogêneo. Jogue o chocolate por cima do caramelo e com a ajuda de uma espátula espalhe uniformemente.

Volte para a geladeira, eles cortam melhor quando gelados.

E pronto! Está aí seu Twix Caseiro!

Lembrando que sempre que quiserem alguma receita aqui do blog traduzida, é só mandar no e-mail para: marina.bibas@hotmail.com

Feliz Natal!

9 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, passo a passo, receita

Twix Caseiro

Twix sempre foi umas das minhas barras de chocolate preferida. Acho que porque ela não é “só” chocolate , mas junta também biscoito e caramelo! Quando vi a receita em não só um, mas dois blogs que eu sigo, fui obrigada a tentar.

Isso e algumas meninas da minha Pós, que também viram, e todo dia que eu chegava na aula perguntavam se eu tinha levado. Cedendo à pressão, resolvi fazer.

Ela é um pouco demorada, porque é como fazer três sobremesas de uma vez só. Começamos pelo biscoito, que é facílimo de fazer. Só juntar farinha, açúcar e manteiga e pronto. Assar também, é claro.

BISCOITO!

Depois disso a parte que separa os homens das crianças. Ou neste caso as mulheres com um termometro de bala e as sem. Isso foi só para dizer: você vai precisas de um termometro de bala.

Começamos colocando numa panela o açúcar, a glicose e um pouco de água.

começando

E começar a ferver. Sem mexer. Até chegar a 145º. Sem mexer. E isso demora. E borbulha. E como borbulha.

bolhas!

E como demora. Chegava a 130º e pronto. Parou, estacionou, desistiu.  Fui fazer outra coisa, separar os próximos ingredientes, enquanto esperava. Leite condensado e creme de leite. Sim, super saudável.

esperando…

Quando voltei, surpresa! Não só ele estava na temperatura certa, mas como estava lindamente dourado.

golden

Depois disso, na receita, dizia tire do fogo e  coloque cuidadosamente o creme de leite no caramelo. Bom, se a pessoa se dá o trabalho de escrever cuidadosamente, quem sou eu pra fazer se outra maneira. Coloquei. Super delicadamente. Pensei, poxa, não aconteceu nada. Comecei a misturar. Abriram-se as portas do inferno.

Tudo começou a borbulhar, expandir e explodir!! A tensão foi muita para conseguir tirar foto, mas consegui uma para ilustrar:

wow!

Posso estar exagerando, mas só um pouco. Depois do drama e de tudo acrescentado, ele volta pro fogo e tem que chegar a 115º. E isso demora ainda mais. Mas no final você chega lá. E este é seu lindo prêmio:

oh god…

Uma cachoeira de caramelo! Que em pouco tempo se torna um piscina, tão brilhante, plácida e linda.

piscina

Assim que você coloca o caramelo, antes que ele comece a esfriar, você acrescenta uma coisa uma pouco curiosa: sal. Sim, sal. Posso explicar que a receita vem de um blog chamado Not Without Salt. Agora faz sentido, né? Então você pega o melhor sal que você tem e manda bala. Aqui em casa a gente tem um sal que vem direto do Himalaya. Phyno, não?

salgando

O bom desse sal é que por ser de moer na hora alguns grãos ficam maiores e outro menores. Já com o sal em cima, é hora de ficar 2 horas na geladeira pro caramelo começar a ficar na consistência certa. Depois é só derreter o chocolate e mandar por cima.

chocolate!

E então lá está ele, lindo e pronto! E dá uma olhada nesse caramelo!

uau!

Lindo, não? Juro que aquela marca ali no canto é de quando eu tirei o papel manteiga, eu não dei uma mordida nele, tá? Eu juro. E você não tem provas.

Depois é só cortar e aproveitar!

twix e natal

Dá pra ver que o Natal já chegou aqui em casa, né?

Para a receita, clique aqui!

45 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, doce vida, receita

Holidays are coming!

white xmas

É oficialmente Dezembro, o que quer dizer que é oficialmente Natal! Tá bom, quem sabe não oficialmente. Mas ao contrários dos shoppings e lojas que começam a montar árvores e pendurar bolinhas e luzinhas no começo de Novembro, eu acho que é a partir de agora que a festa realmente começa!

E que festa, hein! Na minha opinião, a melhor época do ano! Eu gosto de tudo sobre o Natal, o clima, as compras, toda família reunida, passear de noite pela cidade vendo as casas decoradas, ver a minha casa toda decorada. E quando eu falo toda decorada é sério. Minha mãe não brinca em serviço quando o assunto é decoração. Se você for passar para uma visita acredite que vai encontrar um Papai Noel até no banheiro.

Amo luzinhas de Natal. Ano passado, antes mesmo da febre natalina, enfeitei meu quarto com elas e planejava deixar ele assim o ano todo! Olhe aqui que lindo! Mas chegou Natal e minha mãe roubou para usar na árvore…

Bom, mas com certeza uma das melhores coisas do Natal é a comida! Cada família tem suas tradições e na nossa não se mexe. Sério. Já tentaram. Aconteceu uma rebelião. Mas continuando! Até dia 25 farei algumas receitas natalinas que quem sabe também sirvam de inspiração pra vocês, tanto para sobremesas, enfeites e até presentes!

Mas vamos começar com alguma inspiração de doces natalinos!

Fiz algumas bolachas de Natal com uma receita da minha bisavó, mas isso eu conto outro dia. Olhem esses biscoitos decorados!

coloridos

lindos

delicado

Agora, se você não tem tanta habilidade para decorar, sem problemas! Apenas a forma ser bonita e com um glacê, já deixa o biscoito lido.

simples

Agora vamos para os cupcakes! As pessoas realmente soltam a imaginação nestes.

bonecos de neve

pinheirinhos

Mas apenas cores natalinas e um de

floco de neve

vermelhinhos

O próximo é realmente impressionante. Não tem outra palavra que possa ser usada. E de quem? Da Bakerella, é claro!

oh god!
oh god!

Sim, isso é um globo de neve! Em um cupcake! E tudo é comestível. Menos o globo, é claro!

Da mesma pessoa, cake pops natalinos.

árvores de natal

gorros do Papai Noel

Depois disso é só caprichar na decoração e ter um Natal delicioso!

Merry Christmas!

E vocês? Qual sua parte preferida do Natal?

 

7 Comentários

Arquivado em dicas, doce universo

Halloween

boo!

No próximo domingo, dia 31, é o famoso Halloween! Embora aqui no Brasil a gente tenha o dia das bruxas, não é a mesma coisa. Lá nos EUA é um evento, eles decoram as casas, fazem festas, inventam as fantasias mais loucas e engraçadas. E é claro, usam como inspiração para fazer todo tipo de doce.

Que tal cupcakes com cara de abóbora?

pumpkin cupcakes

Morangos megulhados no chocolate que parecem fantasminhas! Super simples de fazer e uma graça!

morangos fantasmas

Uma torre de cupcakes com fantasmas, esqueletos e morcegos.

casamento fantasma

Biscoitos é uma área que o pessoal solta a imaginação!

caveirinhas

dia de los muertos

mix

E os bolos então!

cake

Uma casinha mal assombrada.

wow!

Ou um bolo de chocolate disfarçado de abóbora. Genial!

será um bolo ou uma abóbora?

Mais doces “assustadores”:

maçã do amor, ou do medo

Apenas as cores já são o suficiente para dar o ar certo para sua festa de Halloween!

cupcakes coloridos

marshmallows

Agora é só se inspirar e se preparar para o Trick or Treat!

1 comentário

Arquivado em dicas, doce universo

Smore

Como mostrei ontem, tenho um saco de marshmallow Campfire aqui em casa, que foi parte da Moon Pie. Não usei tudo na receita, então resolvi mostrar uma daquelas pequenas maravilhas culinárias, que ao mesmo tempo são rápidas, fáceis e deliciosas: o Smore.

O clássico dos acampamentos americanos começa com apenas três ingredientes:

ingredientes

Um quadradinho de chocolate, meio amargo de preferência, um marshmallow, e duas Cream Cracker. Se você tiver à disposição um chocolate mais fino, melhor. Vai facilitar muito a sua vida mais tarde.

Como disse isso é feito geralmente em acampamentos. Acampamentos geralmente tem fogueiras. Na minha casa não tem fogueira. Nem lareira. Até tinha, meu pai tirou. É a vida… resumindo, tive que recorrer a outro tipo de fogo: o bom e velho fogão.

fogueira fake

Seria lindo e poético se eu tivesse um graveto para fica mais real. Eu não tinha. Estou realmente deixando a desejar. Perdão.

Agora vá rodando o marshmallow, a intenção é que ele esquente por inteiro, comece a derreter mas não queime.

oh no…

Obviamente eu não consigo. Mas isso não vai afetar muito o resultado final.

.

Agora é colocar o chocolate em cima da cream cracker, o  marshmallow em cima e fechar com a outra bolacha. Nessa hora que o chocolate mais fino é melhor porque derrete mais fácil.

smore

E final fica essa gostosura toda. Ignorem o queimado e lembre que é composto de marshmallow, chocolate e biscoito!

2 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, desastres na cozinha, doce vida