Arquivo da tag: bolo

10, 9, 8…

10. Isso, dez. É só isso que falta para acabar meu curso de pastry. 10 aulas. Como? Alguém me diz como passaram 90 aulas? Como já faz 6 meses que estou aqui? Como eu já estou trabalhando? Por que eu sou incapaz de achar um par de meias e estou sempre com elas desparceiradas?

Bom, acho que a resposta pra todas sou eu que tenho. E a da última vai ser pra sempre um mistério… Mas eu sei, e muito bem onde foram parar 90 aulas. Aqui, na minha cabeça. É impressionante parar para pensar como antes disso tudo eu sabia pouco sobre essa tal de cozinha que eu tanto amo! Que eu sempre soube comer, isso não havia dúvidas! Mas uau, como eu aprendi.

Por exemplo, passei de achar que strudel era uma sobremesa gostosa que minha vó fazia, para saber esticar uma massa sobre uma mesa inteira!

E a fazer perfeitos croissants, é claro!

Se tem uma coisa que faz as pessoas me olharem com uma cara estranha, é quando eu conto que não sou fã de pão. Desculpa, não gosto. Sanduíches? Não vejo graça nenhuma. Fazer o que, gosto é gosto e esse é o meu. Mas quando eu ia imaginar que eu ia amar fazer os tão desgostados pães? E ainda levar jeito pra coisa! Foram muitas e muitas baguetes, rolos e todo outro tipo de pão que você pode imaginar!

O mais legal é ver o próprio avanço! Por exemplo, o primeiro bolo que fizemos… que desastre. O maior desafio da vida era segurar aquele bolo de 5 kgs e cobrir com buttercream. O pulso doía, o bolo quase caia e o buttercream ia parar em todo lugar menos no bolo…

Algumas semanas depois deste primeiro bolo, estava na hora da prova prática! E olhe só a diferença! Ângulos retos, topo liso, decoração perfeita e é claro, aquela camada generosa de buttercream que esses americanos tanto gostam. Como diria minha chef, esse bolo merece 100! E foi o que ganhou!

É, o tempo passa, mas com ele vem muita coisa! E cada vez mais eu gosto, cada vez mais fico feliz com a minha escolha!

Logo, logo mostro os últimos passos das minhas aulas! Os últimos 10 passos…

Anúncios

14 Comentários

Arquivado em aulas na cozinha, aventuras culinárias, desastres na cozinha, doce vida, ICE, NYC

Trilha Sonora

Acabou de sair do forno esse bolo de Nutella! Sabia que queria fazer um bolo e que tivesse muita Nutella, mas só isso! Acabei inventando um pouco de tudo, e espero que tenha ficado bom, só descobriremos amanhã quando ele for aberto.

Mas vocês não tem a impressão que quando estão de bom humor, o bolo sempre sai gostoso? E nos últimos dois dias tem uma coisa que tem me animado, e muito! O clipe da música Oração, da Banda Mais Bonita da Cidade! Foi a trilha sonora enquanto fazia o bolo. E enquanto eu lavava a louça. E quando eu me arrumava. Tá bom, tá bom, o tempo todo!

Parece um mini mantra de felicidade, que não sai mais da cabeça! A música tá tocando em looping no meu computador desde que eu ouvi pela primeira vez.
Fora que o clipe é lindo e eles são aqui de Curitiba mesmo! Parabéns pra banda, e espero que cada vez mais gente escute e espalhe essa felicidade musical!

8 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, confissão na cozinha, dicas, doce vida

Aniversário de uma Doceira!

Sexta-feira foi meu aniversário! E se você está parando agora para ver qual foi a data no calendário, eu já lhe digo: Sim, faço aniversário no Dia da Mentira! Vou dar um minutinho pro pessoal passar pelas piadas óbvias. Vamos ver, eu não nasci, ninguém acreditou quando meus pais contaram, na verdade eu estou brincando e não é meu aniversário, e é claro, a minha preferida: por isso que você é baixinha! Mentira tem perna curta! Mas passando as óbvias, se você tiver uma nova manda!

Mas mesmo assim é sempre um dia muito bom! Faço contagem regressiva, só falo disso semanas antes… e o meu dia nunca decepciona! Esse ano, já no trabalho, tive duas surpresinhas, uma logo cedo de manhã, um JoJo fantasiado de joaninha!

Pra quem nunca comeu lá na Gepetto e não conhece, um JoJo é tipo um petit gateau, mas muito melhor! Foi um ótimo jeito de começar o dia! Claro que trabalhar o dia inteiro no dia do seu aniversário deveria ser proibido, mas tudo bem! O resto do dia foi muito bom, com jantar com meus pais e ver meus amigos!

No dia seguinte, teve o meu jantar de aniversário com a família! E diria que ficou bem claro pras mesas ao nosso redor que eu faço doces… Talvez isso tenha alguma coisa a ver com o fato dos meus gritos e pulinhos de alegria quando eu ganhei uma batedeira planetária!!! Um presente dos meus avós, que lembraram de uma coisa que eu disse meses atrás! Dêem oi pra minha lindinha!

Um pitél, né? Eu sei! Claro que as pessoas tiveram outras chances de perceber o que eu faço, quando eu ganhei dos meus tios essa Laurousse das Sobremesas! Ela é demais, ensina de tudo bem detalhadamente e com várias dicas. Não vejo a hora de fazer umas experiências.

A minha cunhada me deu uma barra de chocolate. Bom, falando assim parece sem graça, mas olha o recheio!

Tá bom, ela não me deu o computador… Ela não é uma cunhada tãããão boa assim… Mas é uma muito boa! Sabe bem o que eu gosto! E sabe né, Jéssica! Fica a dica pro ano que vem! E o próximo presente foi um lindo pressentimento da minha madrinha, que me deu, sem saber que eu estou de olho nisso faz mais de um ano! Digam oi pra minha nova Diana F+, edição especial Mr. Pink!

Sim, uma câmera rosa e com um nome inspirado em Cães de Aluguel! Perfeita! De filme de verdade, old school e charmosa! Com certeza vou me divertir muito com ela! Mas por enquanto, que eu ainda não aprendi todos os truques dela, eu vou me divertindo com a minha batedeira planetária. Resolvi fazer alguns cupcakes para aproveitar essas belezinhas que minha amiga trouxe dos EUA pra mim!

E como eu tinha Maple Syrup de verdade dando mole aqui em casa, resolvi inventar uma receita com eles! E com “dando mole” eu quero dizer “roubei da casa dos meus avós”. Tá bom, não roubei. Mas pedi incessantemente. Eu sei ser bem convincente… Mas continuemos!

Cupcakes de Maple Syrup

2 ovos

2/3 de xícara de óleo de canola

1 xícara de açúcar

1 1/2 xícaras de farinha de trigo

1 colher de chá de fermento

4 colheres de sopa de Maple Syrup

Sendo uma daquelas receitas facílimas, é só bater tudo! A massa dá para 10 cupcakes. 20 minutos em forno médio e pronto. Cobri com o ganache que minha mãe fez aqui e ainda um fio de Maple Syrup por cima! Um delícia!

E com certeza foi uma delícia de aniversário! Esse ano promete!

12 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, doce vida, passo a passo, receita

Cinema com Açúcar – Toy Story + Cake Pops

the toys are back in town!

Ah, como essa indicação me deixa feliz! Quando o primeiro da série saiu eu tinha 7 anos e mesmo assim me lembro da sensação de assistir no cinema. E esta é uma das trilogias raras, na qual todos os filmes são ótimos e se superam.

Neste filme, Andy, o dono dos brinquedos, cresceu e está indo para a faculdade. Mas antes disso tem que dar um destino para seus antigos brinquedos. E eles, os brinquedos, morrendo de saudade das brincadeiras dos meninos, morrem de medo do que pode acontecer. Conseguindo escapar do temido sótão, eles acabam indo parar na Creche Sunnyside.

recém chegados

É lugar que à primeira vista parece perfeito para os brinquedos: as crianças sempre querem brincar com eles e nunca vão perder o interesse. Mas nem tudo é perfeito assim, quando eles descobrem os vilões da creche.

o-oh!

Toy Story é o tipo de filme que começa meio morno, parece que vai ser só mais um na série. Mas ao decorrer do filme é impressionante porque você se apaixona de novo pelos personagens e se sente como o Andy e como se eles fossem seus próprios brinquedos.

toys

Como toda animação feita hoje em dia, parece agradar até mais os adultos do que as crianças. Mas está faz isso de um jeito especial. Ela te lembra o amor que você tinha pelos seus brinquedos, e como se separar deles é dolorido. E acredite, você vai chegar em casa morrendo de vontade de tirar aqueles últimos remanescentes do armário e brincar com eles!

Como é um filme que agrada gregos e troianos, ou melhor, adultos e crianças, a receita vai ser uma que também agrada os dois públicos: Cake Pops!

Cake Pop

Cake Pops são os novos queridinhos das cozinha internáuticas mundiais, e acredite, são a super simples de fazer! Ainda mais porque nós vamos dar uma de americanos e usar “atalhos”. E por “atalhos” eu quero dizer coisas prontas.

Estão chocados? Porque por coisas prontas eu estou querendo dizer bolo de caixinha e brigadeiro de latinha!!! Sim, acredite. Mas sabe como é, uma receita americana, faremos como os americanos!

Começamos pelo bolo. Sim, você pode fazer seu bolo preferido de chocolate, ou de baunilha. Eu, como boa pessoa obediente que sou, fiz de caixinha.

Depois de assado, o bolo precisa esfriar completamente para continuar. Como você pode ter reparado, devido às coisas prontas, eu estava num dia meio impaciente. Então levei o bolo comigo para o meu quarto e liguei o ar condicionado no máximo. 15 minutos depois, estava frio! Então é a hora de desmanchar o bolo. E a partir de agora é mão na massa! Literalmente!

Quebre o bolo inteiro, deixando uma farofa. Depois é só jogar o brigadeiro. Para um bolo, uma lata é suficiente. Amasse tudo com as mãos até que o bolo inteiro esteja úmido. E mande um pouco pra geladeira. Assim vai ser mais fácil de fazer as bolinhas.

Você vai acabar com um exército de bolinhas. Está receita deve dar um pouco menos de 30. Coloque numa forma e derreta um pouco de chocolate. Pegue seus palitinhos, mergulhe no chocolate e enfie nas bolinhas. Parece inútil, mas esse chocolate vai agir como uma cola entre o bolo e o palito. Você vai me agradecer na hora de comer, acredite. Coloque eles na geladeira por várias horas ou, se você estiver num dia impaciente como eu, coloque no freezer por 40 minutos.

Derreta uns 500gs de chocolate meio amargo, ou o que você preferir, e coloque numa tigela não muito grande, para ficar mais fácil de mergulhar os bolinhos. Depois de totalmente cobertos por chocolate, dê batidinhas de leve como palito na tigela para que saia o excesso. Passe ele nos confeitos que quiser, eu usei mini chocoballs. E o mais legal, se você tiver deixado o bolo no freezer, você vai ver que o chocolate seca em segundos!

E pronto! É uma delícia, e totalmente adaptável! Você não gosta de chocolate meio amargo? Use branco! Não gosta de chocoball? Use Confetti ou açúcares coloridos. Você não gosta de brigadeiro? Vá rapidamente num psicólogo, alguma coisa está errada! Mas daí você pode usar doce de leite, o que quiser! Divirta-se!

Cake Pops!

13 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, Cinema com Açúcar, dicas, passo a passo, receita

One apple a day…

Semana passada cheguei em casa da academia e encontrei isso:

maçãs

Bom, quem sabe uma pessoa normal olharia para essas maçãs e, depois de uma tarde de exercício, apenas pegaria uma e continuaria o seu caminho. Mas eu não. Que graça teria? Eu olho para essas maçãs e penso: como posso transformar essas lindas e saudáveis frutas em algo mais gordinho e delicioso? E com uma rápida passada na minha querida Bakerella ache esta receita de um bolo rápido e fácil!

Gostaria de tirar um minuto para falar que embora eu chame a Bakerella de querida, nossa relação é puramente platônica. Ela não sabe que eu existo. É um problema.

Mas continuando! Começamos descascando e tirando os caroços das maçãs! Agora, se você não for a mulher do Tom Hanks em Sintonia do Amor, que consegue tirar a casca da maçã inteira numa faixa só, eu recomendo usar o mesmo descascador que você usa para as cenouras. Rápido e prático.

descascando

Depois de descascada é só picar em quadradinhos e picar também as nozes.

preparados

Depois disso é só misturar todos os outros ingredientes, e no final a maçã e as nozes. Fica uma massa bem pesada, mas não tenha medo! É assim mesmo. Depois disso é só forno por 40 minutos.

golden

Esse é o tipo de bolo que enquanto assa preenche a casa inteira com cheiro de maça, canela e, é claro, bolo! Ele sai lindo e dourado e seria maravilhoso apenas cortar e comer um pedaço… Mas ele ainda não está pronto!  Vamos continuar. Agora furamos o bolo inteiro.

furando

Para que servem os furos, você me pergunta. Para a calda entrar, é claro, eu lhe respondo!

calda

A calda é feita de manteiga, açúcar mascavo e leite, e eu devo confessar que não fiz nem metade do que manda a receita. Mas isso porque eu conheço meu público, e sei que se o bolo ficasse doce demais não ia agradar aqui em casa. Mas ei! Se eu morasse sozinha também faria a calda inteira!

absorvendo

Depois é só esperar um pouco para que a calda consiga entrar por todos os buraquinhos e voilà!

bolo de maçã

Molhadinho por cima e levinho por dentro. Perfeito!

3 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, dicas, receita

Halloween

boo!

No próximo domingo, dia 31, é o famoso Halloween! Embora aqui no Brasil a gente tenha o dia das bruxas, não é a mesma coisa. Lá nos EUA é um evento, eles decoram as casas, fazem festas, inventam as fantasias mais loucas e engraçadas. E é claro, usam como inspiração para fazer todo tipo de doce.

Que tal cupcakes com cara de abóbora?

pumpkin cupcakes

Morangos megulhados no chocolate que parecem fantasminhas! Super simples de fazer e uma graça!

morangos fantasmas

Uma torre de cupcakes com fantasmas, esqueletos e morcegos.

casamento fantasma

Biscoitos é uma área que o pessoal solta a imaginação!

caveirinhas

dia de los muertos

mix

E os bolos então!

cake

Uma casinha mal assombrada.

wow!

Ou um bolo de chocolate disfarçado de abóbora. Genial!

será um bolo ou uma abóbora?

Mais doces “assustadores”:

maçã do amor, ou do medo

Apenas as cores já são o suficiente para dar o ar certo para sua festa de Halloween!

cupcakes coloridos

marshmallows

Agora é só se inspirar e se preparar para o Trick or Treat!

1 comentário

Arquivado em dicas, doce universo