Arquivo da tag: brigadeiro

Almoço na Gepetto

Bom, num dia de semana eu diria que as opções de sobremesa no restaurante são bem vastas! Vou mostrar pra vocês tudo que eu fiz pro almoço de sexta passada!

Começando com o Pudim de Leite, que é receita da Ro que trabalha comigo. É uma delícia, não fica extremamente doce e é bem levinho! Mas se você é do tipo que ama um doce bem doce, não se preocupe! Ele vem acompanhado de uma calda de caramelo pra você por o quanto quiser!

Teve também a Torta da Nonna, que é uma torta de baunilha, que vai coberta por nozes e açúcar! Yum!

Ou então que tal esse exército de mini mousses de maracujá, limão, morango com geléia e brigadeiros?

E pro mais “naturebas” tem saladinha de frutas e frutas frescas! Se bem que, se você é natureba, não sei bem o que você está fazendo neste blog… Ei! Mas apareça sempre! Quem sabe eu te convenço a partir para o time de comidas gostosas?

E se você for lá, me procure atrás dessa janela. Atrás da mesa dos antipastos, estarei lá, trabalhando, naquela roupinha feia. Mas dou tchauzinho!

E vai dizer que esse carpaccio não tá com uma cara ótima?

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, doce vida

Primeiros dias

Pra começar, queria agradecer todos os recados, mensagens, e-mail e ligações de boa sorte e parabéns que eu recebi depois do último post! Amigos, familiares, pessoas que eu não falo a muito tempo, amigos de internet, ilustres desconhecidos, o Papa… Tá, quem sabe não o último, mas é muito legal saber que tem gente torcendo por você! Então aí vai meu obrigada!

Minha intenção era ter chego ontem em casa e feito o post. Mas, porém, toda via, entretanto eu deveria dizer que passar 8 horas por dia de pé trabalhando é algo que vai levar um tempo pro meu corpo se acostumar. Ainda mais eu tendo inventado de ir correr quando cheguei em casa. Mas então aí vai meus últimos dias.

Cheguei lá, oito horas da manhã, nervosa e vestida de branco. Falei pro meu pai que esse é o mais perto que eles vai chegar de ter uma filha médica! Mas cheguei e já comecei: fiz mousse de morango, de limão, brigadeiro, torta da nonna, papo de anjo e ainda ajudei a fazer dois molhos para salada! Sim, isso tudo num dia só! E hoje fiz salada de frutas, cobertura da torta da nonna, calda para o papo de anjo, e ainda ajudei na cozinha quente.

O mais legal é que parece muito trabalho, mas não é! Pelo menos não parece. É claro que ficar 8hs de pé, carregando e levantando coisas pesadas cansa, mas o trabalho é mega divertido. No meio da tarde parei pra pensar por que eu ainda não estava cansada, e também percebi que muitas vezes eu fico eu fico horas de pé na minha cozinha mesmo! E ali, mesmo sem meu laptop passando uma série ou tocando uma música, tem a conversa pra distrair! O bom de cozinha é que, diferente de um trabalho sentado na frente do computador, você pode cozinhar e conversar com as pessoas ao redor e o pessoal lá é muito divertido.

Lá tem várias cozinhas separadas, a do pré-preparo, a cozinha fria, a quente e a da pizarria. Mas eu sou meio nômade, como pra fazer doces você precisa de um pouco de tudo, eu vou me movimentando. O que foi bem difícil porque, uma coisa que ninguém te conta, cozinhas são bem molhadas!! Não me pergunte o por que, mas são! E acredite, o esforço de não cair (que, aliás, foi bem sucedido!) segurando panelas pesadas, facas e coisas do tipo matam sua perna! Mas hoje comprei uma Crocs! Nunca achei que ia ficar tão feliz de ter aquele negócio feio no pé!

De ontem pra hoje já me situei mais, sei onde as coisas estão, e onde posso ir pra fazer as coisas! Mesmo assim acidentes acontecem. Ou quase! Enquanto estava fazendo a calda de papo de anjo pedi o cravo pra uma coleguinha de cozinha. Ela me deu, eu já tinha pesado e estava quase colocando na calda, eu olhei mais perto e era PIMENTA PRETA! Seria um papo de anjo épico! E ontem o Chef chegou e pediu pra fazer um creme, me deu a receita e começou a falar “daí você sabe. Você tem que fazer isso, colocar não sei aonde, cuidar com a temperatura daquilo. Fácil.” Nesse momento ele me olhou e viu o olhar de pânico no meu rosto. Mas ele me explicou certinho e o pânico passou…

Trabalhar no lá tem algumas vantagens. Alô, almoçar comida do Gepetto todo dia?! Score! O porém é que a gente almoça depois que os clientes foram embora, e minha barriguinha ainda não aprendeu a ter fome só depois das duas… Outra vantagem é (mulheres, preparem-se!) alguém lava a sua louça!! Ai, que lindo!

Pode não ser o Michael Jackson e o Paul McCartney, mas tá valendo!

Por hoje é só! Minha cama me espera! E amanhã tem feijoada lá, hein! E acreditem, passei o dia inteiro sentindo o cheirinho dela, vai tar demais!

5 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, confissão na cozinha, Curitiba, doce vida

Cinema com Açúcar – Toy Story + Cake Pops

the toys are back in town!

Ah, como essa indicação me deixa feliz! Quando o primeiro da série saiu eu tinha 7 anos e mesmo assim me lembro da sensação de assistir no cinema. E esta é uma das trilogias raras, na qual todos os filmes são ótimos e se superam.

Neste filme, Andy, o dono dos brinquedos, cresceu e está indo para a faculdade. Mas antes disso tem que dar um destino para seus antigos brinquedos. E eles, os brinquedos, morrendo de saudade das brincadeiras dos meninos, morrem de medo do que pode acontecer. Conseguindo escapar do temido sótão, eles acabam indo parar na Creche Sunnyside.

recém chegados

É lugar que à primeira vista parece perfeito para os brinquedos: as crianças sempre querem brincar com eles e nunca vão perder o interesse. Mas nem tudo é perfeito assim, quando eles descobrem os vilões da creche.

o-oh!

Toy Story é o tipo de filme que começa meio morno, parece que vai ser só mais um na série. Mas ao decorrer do filme é impressionante porque você se apaixona de novo pelos personagens e se sente como o Andy e como se eles fossem seus próprios brinquedos.

toys

Como toda animação feita hoje em dia, parece agradar até mais os adultos do que as crianças. Mas está faz isso de um jeito especial. Ela te lembra o amor que você tinha pelos seus brinquedos, e como se separar deles é dolorido. E acredite, você vai chegar em casa morrendo de vontade de tirar aqueles últimos remanescentes do armário e brincar com eles!

Como é um filme que agrada gregos e troianos, ou melhor, adultos e crianças, a receita vai ser uma que também agrada os dois públicos: Cake Pops!

Cake Pop

Cake Pops são os novos queridinhos das cozinha internáuticas mundiais, e acredite, são a super simples de fazer! Ainda mais porque nós vamos dar uma de americanos e usar “atalhos”. E por “atalhos” eu quero dizer coisas prontas.

Estão chocados? Porque por coisas prontas eu estou querendo dizer bolo de caixinha e brigadeiro de latinha!!! Sim, acredite. Mas sabe como é, uma receita americana, faremos como os americanos!

Começamos pelo bolo. Sim, você pode fazer seu bolo preferido de chocolate, ou de baunilha. Eu, como boa pessoa obediente que sou, fiz de caixinha.

Depois de assado, o bolo precisa esfriar completamente para continuar. Como você pode ter reparado, devido às coisas prontas, eu estava num dia meio impaciente. Então levei o bolo comigo para o meu quarto e liguei o ar condicionado no máximo. 15 minutos depois, estava frio! Então é a hora de desmanchar o bolo. E a partir de agora é mão na massa! Literalmente!

Quebre o bolo inteiro, deixando uma farofa. Depois é só jogar o brigadeiro. Para um bolo, uma lata é suficiente. Amasse tudo com as mãos até que o bolo inteiro esteja úmido. E mande um pouco pra geladeira. Assim vai ser mais fácil de fazer as bolinhas.

Você vai acabar com um exército de bolinhas. Está receita deve dar um pouco menos de 30. Coloque numa forma e derreta um pouco de chocolate. Pegue seus palitinhos, mergulhe no chocolate e enfie nas bolinhas. Parece inútil, mas esse chocolate vai agir como uma cola entre o bolo e o palito. Você vai me agradecer na hora de comer, acredite. Coloque eles na geladeira por várias horas ou, se você estiver num dia impaciente como eu, coloque no freezer por 40 minutos.

Derreta uns 500gs de chocolate meio amargo, ou o que você preferir, e coloque numa tigela não muito grande, para ficar mais fácil de mergulhar os bolinhos. Depois de totalmente cobertos por chocolate, dê batidinhas de leve como palito na tigela para que saia o excesso. Passe ele nos confeitos que quiser, eu usei mini chocoballs. E o mais legal, se você tiver deixado o bolo no freezer, você vai ver que o chocolate seca em segundos!

E pronto! É uma delícia, e totalmente adaptável! Você não gosta de chocolate meio amargo? Use branco! Não gosta de chocoball? Use Confetti ou açúcares coloridos. Você não gosta de brigadeiro? Vá rapidamente num psicólogo, alguma coisa está errada! Mas daí você pode usar doce de leite, o que quiser! Divirta-se!

Cake Pops!

13 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, Cinema com Açúcar, dicas, passo a passo, receita

I’m back!

Depois de um hiato do blog, estou de volta! Meu lar virtual pode até ter ficado parado, mas a cozinha não! Final de semana passado foi o Bazar ArteAmiga, e lá foram alguns cupcakes de Nuttella e de cenoura.

Semana passada, também teve o aniversário da Fer, que fez curso de Cool Hunting comigo e encomendou cupcakes para a festinha de aniversário dela. Foram cupcakes de Cenoura com Ganache de Chocolate, de Chocolate com brigadeiro e Chocoball e de Chocolate com ganache de chocolate.

cupcakes de aniversário

cupcakes de aniversário

Foram até com um “F” pra homenagear a aniversariante!

1 comentário

Arquivado em Curitiba, doce universo, doce vida

Eu quero! – Remédio para TPM

Adoro quando pessoas pegam uma coisa que é tão conhecida, como o fato de chocolate ser um santo remédio para TPM, e transformam em algo lucrativo. E objeto de desejo também! Um bom exemplo são esses brigadeiros do Maria Brigadeiro, que vem numa caixinha que parece remédio!

 

Alguém, por favor, me compra um desses? Ou avisa meu namorado onde compra!

Essa caixinha de brigadeiros me lembrou uma loja espanhola que se chama Happy Pills, eles vendem doces, mas como se fossem remédios para alegrar o “doente”. Quem contou sobre elas foram minhas professoras que moraram por lá, e elas têm um blog sempre cheio de novidades, o Soma in Kinderland!

 

Melhor medicamento do mundo, não vicia e melhora o dia imediatamente!

 

 

2 Comentários

Arquivado em doce universo, eu quero!