Arquivo da tag: brownie

a menina que gritava ‘voltei’!

Lembra daquela história do menino que gritava lobo? Chega um ponto que ninguém acredita mais nele e, em boa forma “conto-de-fadística”, é claro que naquele momento ele encontra um lobo de verdade. Então ele grita “LOBO! LOBO! Loobgjjuh….”, se é que vocês me entendem.

Bom, estou sentindo que já falei “voltei” tantas vezes nesse blog que é capaz de ninguém acreditar quando eu começar a gritar “BOLO! BOLO! BOLO!”! Tá, mentira. Na hora que envolve bolo acho que todo mundo resolve dar o benefício da dúvida…

Mas tá na hora de gritar de novo: VOLTEI! De New York, depois de ter passado o ano mais incrível da minha vida. E mais uma vez, VOLTEI: pro blog! Sério, juro. Desde que cheguei minha família vem colocando meu curso à prova, realizando todos os sonhos gastronômicos que eles possam ter!

Então vem acontecendo coisas por aqui como uma tal torta de chocolate sem farinha que chegou a ser feita três vezes na mesma semana.

Uma sessão francesa, com uma tarte tatin clássica e croissants, que foram cronometrados perfeitamente pra ficarem prontos na hora da chegada da família em casa.

O começo de um estudo de como fazer um simples Cinnamon Roll se transformar numa coisa totalmente diferente!

Muitos desses vão aparecer aqui de novo em breve, mas daí com a receita e como fazer! Sou assim boazinha. Tá, nem tanto. Tem uma dessas receitas entrando para o Hall das Receitas secretas, fazendo companhia para o brownie.

Mas enquanto isso vai a pergunta que faço pra minha família toda semana: o que vocês querem que eu faça?

Você tem algum pedido? Sempre quis fazer “X” e nunca soube como? Deixa que eu “Xiso” pra você e te ensino! Adoro sugestões!

Agora, não pense que é tudo que eu faço é ficar na cozinha. Dá pra fazer um bom tanto disso também:

Ahh, é bom estar em casa!

Anúncios

10 Comentários

Arquivado em aulas na cozinha, aventuras culinárias, Curitiba, doce vida, ICE, NYC

Confissão: A Receita Secreta

Quando comecei esse blog, no meu primeiríssimo post, falei que meu brownie sempre fez sucesso com meus amigos e minha família. Aliás, falando com a minha mãe esses dias, foi o estopim de todo esse meu amor pela cozinha. Mas a partir disso, vem uma confissão: Eu não passo a receita pra ninguém.

Sim, eu sei. Muito rude. Mas a receita é de minha autoria, e eu gosto dela. Gosto muito. Claro que tem pessoas pra quem não tem como negar, então membros selecionados da família tem, mas com muita dor no meu coraçãozinho. A Lu, do Rosmarino, já falou disso no blog dela, e eu concordo com tudo que ela disse aqui. Mas sabe como é, eu prefiro admitir pro mundo que eu sou egoísta nessa, do que passar a receita errada, né? Afinal, tem uma partezinha do inferno reservada só pra quem faz isso!

Tendo tirado isso do meu peito, vamos continuar! Essa semana tinha várias pessoas que queria presentear e queria dar um presente bem doce. E depois de ver que a Glau, do Quitandoca, fez um brownie de marmita para dar de presente, resolvi fazer minha própria versão!

A Glau fez em potinhos de metal mais bonitinhos, mas eu resolvi fazer bem marmitinha, e comprei aqueles de alumínio mesmo, do menor tamanho possível. Daí é só fazer sua receita de brownie preferida. Ah, vai! Eu sei que você tem uma, não precisa me fazer sentir mais culpada por não passar!

Divida a massa nas forminhas e mande pro forno! Enquanto assa, você vai ter tempo de fazer o resto. Eu queria imagens bem bonitas pra isso, então passei num sebo aqui perto e comprei esses dois atlas da National Geographic.

Depois escolhi as foto mais bonitas e coloridas, que sendo num livro da National Geographic não foi nem um pouco difícil! Peguei a tampinha da marmita, colei e recortei.

E ficaram assim:

Quando meu exército de mini-brownies saiu do forno já estava tudo pronto.

Esperei esfriar e tampei! Vai dizer que não dá outra cara?

Como você pode ver, alguns deles tinha recadinhos. Isso porque foram personalizados para as pessoas que iam ganhar, como a minha tia que acabou de chegar do Peru!

Minha vó que operou o pé…

E por fim, pro meu vô, que como eu, não vive sem chocolate!

Os outros foram pras meninas da Pós, no nosso jantar de despedida, já que estamos acabando a aula! Hurraay! Tá, mentira. Só eu estou acabando a aula, elas ainda tem outros módulos. Eu que sou um pequeno gênio e acelerei. (cof, cof!)

Bom, todos que receberam adoraram, e eu também achei que ficou uma graça! Fácil de fazer em casa, e você pode usar o que quiser para cobrir as tampas. Papéis de scrap, folhas de livros antigos, páginas de gibis, mapas… O que seu coraçãozinho mandar!

12 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, confissão na cozinha, dicas, DIY, doce universo, doce vida, receita

Happy Valentine’s Day!

valentines

“There are as many forms of love as there are moments in time.” – Jane Austen

Hoje é o famoso dia dos namorados americano, o Valentine’s Day! E pra mim, qualquer dia que lembre o quanto é importante o amor, tem quem ser valorizado. Se você é casado, namora ou está perdidamente apaixonado por alguém que ainda não sabe disso e quer fazer um mimo nesse dia, aí vão algumas inspirações para conquistar pela barriga! Pergunte pra sua avó, boatos que isso funciona!

E se você está solteiro, pode inspirar-se e fazer pra si mesmo, ou um amigo! Afinal, amor é amor!

Vamos começar com os Cake Pops! Agora que já sabemos como fazer, é só enfeitar apropriadamente! Esses são da linda da Bakerella.

Cake Pops

 

Esses, também dela, são mais difíceis, mas ela explica como fazer!

Você pode fazer coisas simples, e que sempre agradam, como morangos e chocolate. Esses foram mergulhados 3 vezes, cada vez em um chocolate diferente.

trice dipped

Vale apostar nas cores.

macaroon pops

sticks

Como também em qualquer coisa que tenha um formato de coração!

mini tortinhas

biscoito

cupcakes de coração

O próximo é demais! Brownie preto e branco, cortado e encaixado. Vai dizer que o efeito não é maravilhoso? Da Smitten Kitchen.

brownie xadrez!

E só lembrando, amor é amor! Não importa raça, sexo ou religião.

Um bom Valentine’s Day pra todos!

 

1 comentário

Arquivado em dicas, doce universo

Panquecas Americanas em Curitiba

Acho que a esta altura não é nenhuma surpresa meu amor por comidas americanas. Cupcakes, cookies, brownies… é, acho que estava meio na cara. Tem alguma coisa no despreendimento deles, de como eles não se importam o quanto aquilo seja gorduroso, engordativo e nada saudável que simplesmente me fascina! Então imagine a minha felicidade quando descobri a Brooklyn Coffe Shop aqui em Curitiba.

Eles tem panquecas e wafles com Maple Syrup, brownies, cookies, sanduíches de manteiga de amendoim com geléia… Tudo de bom americano! E o lugar é uma graça também! Eu recomendo.

E dá só uma olhada nessa pilha de  panquecas!

stack of pancakes!

Aquela jarrinha ali atrás tem Maple Syrup, pra você colocar do jeito que quiser.

Já levei o namorado, amigos, priminhas… e todos amaram! Agora estou devendo uma visitinha com a minha vó, que quer muito conhecer!

6 Comentários

Arquivado em comendo por aí, Curitiba, dicas

brownie cheesecake

Toda quarta-feira, temos um almoço na casa da minha avó, e toda família vai. Nessa semana, minha mãe resolveu mudar para nossa casa e me pediu que fizesse um brownie para sobremesa. Só isso. Achei chato. Brownie, de novo?! Resolvi inovar. Mas claro que eu não avisei ela. Pra que causar momentos extra de nervosismo da parte dela?

Como já falei neste post, sou fã de misturar duas coisa boas. O caso do brookie foi um sucesso, afinal junta brownie com cookie… Realmente uma delícia! Mas e se a gente juntasse brownie com outra coisa, digamos… um cheesecake?

Comecei com a massa do cheesecake, básica e simples.

cheesecake

E depois o brownie. É uma massa diferente da que eu geralmente faço, mais consistente. Precisava ser assim porque ela vai agir como se fosse a casquinha do cheesecake, então não pode ser macio demais.

brownie

brownie

Ele é realmente firme. Seria delicioso assim, mas vou continuar a colocar coisas gostosas por cima. That’s how I roll.

juntando

juntando

Devo dizer que essa foto é um desafio. Sempre que eu tenho q usar a mão esquerda para fazer algo enquanto tiro foto com a direita é um momento tenso.

bolotas

Ainda não era esse o look que eu estava querendo, então resolvi usar aquela técnica de marmorizar que usei na torta de ganache.

bom…

Não ficou exatamente o que eu estava pensando, o brownie é muito mais pesado que o cheesecake, e não queria se misturar. Muito antisocial, eu sei. Depois disso mandei eles pro forno.

hello, beautiful!

E aí está ele! Ah, sim! Coloquei algumas gotas de chocolate por cima. Por que, você me pergunta. Porque sim, eu lhe respondo. A ideia aqui era empilhar coisas gostosas e foi o que eu fiz!

Mostrei pra mim mãe e ela quase teve um treco. Afinal, eu estava responsável pela sobremesa do dia seguinte. Mas no final das contas, todo mundo gostou, e meu avô até falou que foi o doce que eu tinha feito que ele mais gostou!

Ponto pra mim.

2 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, desastres na cozinha

Um… brookie? Sim!

Tem comidas que são maravilhosas, mas que nunca combinariam entre si. Embora tenha um amigo que é chef e jura que ainda vai conseguir montar um prato que junte bacon e leite condensado. Ficamos no aguardo.

Mas tem aquelas comidas que são muito boas e que quando você junta ficam maravilhosas! Foi esse o caso. Vamos ver, cookie bom, brownie bom… Então que tal um crownie, ou melhor, um BROOKIE!

Comecei ele, e pra quem não sabe, um dos grandes segredos de deixar seu brownie levinho é passar bem longe da batedeira. Esqueça a academia e use o muque pra misturar tudo!

Parece fácil, mas a bolha que ficou na minha mão por misturar essa massa discorda.

montanha

Começaram a perceber as semelhanças com um cookie? A cor, os pedacinhos de chocolate… e te digo, o mesmo sabor!

virando um brownie

E agora, já está vendo a semelhança com um brownie? O formato?

brookie!

Agora sim! Juro que esperava que ficasse bom, mas ficou muito bom! Infelizmente não tirei foto dele cortadinho, mas ele ficou numa consistência perfeita para cortar em quadradinhos. E sem dúvida, ótimo para comer numa tarde fria! Bem vindo ao meu caderno de receitas, brookie!

Veja a receita e como fazer no vídeo abaixo!

5 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, doce vida