Arquivo da tag: caramelo

Mais do Twix

twix natalino

Bom, pessoal! O Twix Caseiro fez tanto sucesso que, além de bater o recorde de visitas com mais de 8 mil em um dia, muitas pessoas pediram a receita traduzida.

Relembrando que pra quem entende inglês, a receita original está aqui. Comecei dizendo que ia mandar por e-mail, mas como foram muitos pedidos, e nesta época o tempo é curto, vai aqui mesmo!

Twix Caseiro

Biscoito:

160 g de manteiga, em temperatura ambiente

1/4 xícara de açúcar

2 xícaras de farinha de trigo

Pitada de sal

Como fazer:

Pré aqueça o forno. Unte uma forma pequena, eu prefiro usar a Pam. Coloque papel manteiga e unte o papel manteiga. Sim, você leu direito. Você vai me agradecer na hora de tirar da forma.

Numa tigela junte o açúcar e a manteiga. Vá acrescentando aos poucos a farinha e o sal. A massa vai ficar bem separada, mas quando você amassar com a mão ela deve se juntar facilmente.

Coloque na forma e aperte firmemente no fundo da forma, até ficar uma camada uniforme. Asse durante 20 minutos em forno médio, ou até estar dourado. Retire do forno e deixe esfriar, mas não tire da forma. Enquanto isso comece o caramelo.

Caramelo

Ingredientes

2 xícaras de açúcar

3/4 xícara de glicose (tipo Karo)

1/2 xícara água

1 colher de chá de suco de limão

1 xícara de creme de leite

1 xícara de leite condensado

1/4 colher de chá de sal e mais um tanto para a camada por cima do caramelo

Como fazer:

Lembre, você precisa de um termômetro de bala!

Junte numa panela o açúcar, a glicose, água e suco de limão. Misture e aproveite porque será a última vez em muito tempo. Coloque a panela em fogo médio alto e não misture mais. A mistura vai começar a borbulhar bastante, mas é normal. Espere até ela chegar a 145º. Assim que chegar tire do fogo e espere as bolhas acalmarem. Coloque cuidadosamente o creme de leite, e muito cuidadosamente misture. Por favor, cuidado. Lembre o que aconteceu comigo! Depois que esteja bem misturado, junte o leite condensado e o sal. Misture bem e coloque de volta no fogo. Espere até chegar em 115º e tire do fogo.

Jogue o caramelo por cima do biscoito e enquanto ainda estiver quente jogue o sal por cima, e deixe esfriando por uma hora. Depois disso deixe mais uma hora na geladeira. Enquanto isso passe para o  chocolate.

Chocolate

Ingredientes:

200g de chocolate meio amargo

2 colheres de sopa de manteiga

Como fazer:

Derreta o chocolate em bain marie ou no micro ondas. Misture a manteiga até homogêneo. Jogue o chocolate por cima do caramelo e com a ajuda de uma espátula espalhe uniformemente.

Volte para a geladeira, eles cortam melhor quando gelados.

E pronto! Está aí seu Twix Caseiro!

Lembrando que sempre que quiserem alguma receita aqui do blog traduzida, é só mandar no e-mail para: marina.bibas@hotmail.com

Feliz Natal!

Anúncios

9 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, passo a passo, receita

Twix Caseiro

Twix sempre foi umas das minhas barras de chocolate preferida. Acho que porque ela não é “só” chocolate , mas junta também biscoito e caramelo! Quando vi a receita em não só um, mas dois blogs que eu sigo, fui obrigada a tentar.

Isso e algumas meninas da minha Pós, que também viram, e todo dia que eu chegava na aula perguntavam se eu tinha levado. Cedendo à pressão, resolvi fazer.

Ela é um pouco demorada, porque é como fazer três sobremesas de uma vez só. Começamos pelo biscoito, que é facílimo de fazer. Só juntar farinha, açúcar e manteiga e pronto. Assar também, é claro.

BISCOITO!

Depois disso a parte que separa os homens das crianças. Ou neste caso as mulheres com um termometro de bala e as sem. Isso foi só para dizer: você vai precisas de um termometro de bala.

Começamos colocando numa panela o açúcar, a glicose e um pouco de água.

começando

E começar a ferver. Sem mexer. Até chegar a 145º. Sem mexer. E isso demora. E borbulha. E como borbulha.

bolhas!

E como demora. Chegava a 130º e pronto. Parou, estacionou, desistiu.  Fui fazer outra coisa, separar os próximos ingredientes, enquanto esperava. Leite condensado e creme de leite. Sim, super saudável.

esperando…

Quando voltei, surpresa! Não só ele estava na temperatura certa, mas como estava lindamente dourado.

golden

Depois disso, na receita, dizia tire do fogo e  coloque cuidadosamente o creme de leite no caramelo. Bom, se a pessoa se dá o trabalho de escrever cuidadosamente, quem sou eu pra fazer se outra maneira. Coloquei. Super delicadamente. Pensei, poxa, não aconteceu nada. Comecei a misturar. Abriram-se as portas do inferno.

Tudo começou a borbulhar, expandir e explodir!! A tensão foi muita para conseguir tirar foto, mas consegui uma para ilustrar:

wow!

Posso estar exagerando, mas só um pouco. Depois do drama e de tudo acrescentado, ele volta pro fogo e tem que chegar a 115º. E isso demora ainda mais. Mas no final você chega lá. E este é seu lindo prêmio:

oh god…

Uma cachoeira de caramelo! Que em pouco tempo se torna um piscina, tão brilhante, plácida e linda.

piscina

Assim que você coloca o caramelo, antes que ele comece a esfriar, você acrescenta uma coisa uma pouco curiosa: sal. Sim, sal. Posso explicar que a receita vem de um blog chamado Not Without Salt. Agora faz sentido, né? Então você pega o melhor sal que você tem e manda bala. Aqui em casa a gente tem um sal que vem direto do Himalaya. Phyno, não?

salgando

O bom desse sal é que por ser de moer na hora alguns grãos ficam maiores e outro menores. Já com o sal em cima, é hora de ficar 2 horas na geladeira pro caramelo começar a ficar na consistência certa. Depois é só derreter o chocolate e mandar por cima.

chocolate!

E então lá está ele, lindo e pronto! E dá uma olhada nesse caramelo!

uau!

Lindo, não? Juro que aquela marca ali no canto é de quando eu tirei o papel manteiga, eu não dei uma mordida nele, tá? Eu juro. E você não tem provas.

Depois é só cortar e aproveitar!

twix e natal

Dá pra ver que o Natal já chegou aqui em casa, né?

Para a receita, clique aqui!

45 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, doce vida, receita

Scrumptious!

Scrumptious é uma palavra da língua inglesa que infelizmente não tem tradução. Fiquei conversando com uma amiga da pós, a Fer, que não só dá aula de inglês como já morou anos nos EUA, e mesmo assim não conseguimos uma palavra em português que traduzisse o que quer dizer. É uma mistura de delicioso, com gostoso, com muito mais. É aquele tipo de comida que você come se lambuzando, e a cada mordida não consegue segurar aquele “hummmm” que insiste em sair da sua boca!

panini

Eu diria que quase qualquer coisa de chocolate se classifica.

sufle

mergulhando…

hot chocolate

Mas na verdade, acho que qualquer coisa que você olhe e imediatamente te dê água na boca também pode ser descrito como scrumptious!

smores

pancakes

custard

chocolate caramel

Eu acho que o conceito é pessoal, também. Mas essas fotos com certeza são as mais scrumptious pra mim!

Ah, é claro que comida salgada também pode ser extremamente deliciosa, mas esse é um blog de doces! O que vocês esperava?

6 Comentários

Arquivado em doce universo

Pipocando

Hoje durante o almoço meu irmão me chamou atenção de que faz quase um mês que eu não posto nada no meu blog! Bom, sorte minha que não faz um mês que eu faço algum doce, porque neste caso ele não seria tão educadinho.

Durante esse mês fiz alguns cursos, alguns a ver com doces e outros não, mas também fiz muito doces novos! Como vou recapitular o que eu fiz, creio que não farei em ordem cronológica. Mas começarei por aquilo que estou comendo agora!

Vi num site e achei que combinaria muito com esse dia para o jogo Alemanha x Espanha. O Brasil saiu da Copa, mas isso não quer dizer que não aconteçam encontros para ver os jogos na minha casa. E para um lanche da tarde nada melhor que uma receita fácil (e com pipoca).

.

.

Começamos com pipoca e amendoim salgado, que no final vão compor um agridoce.

caramelo

Depois disso, fiz um caramelo com açucar mascavo. Não se assustem com a quantidade de manteiga, a panela é bem pequenininha, eu juro!

caramelando

Joguei o caramelo por cima e mandei pro forno. 30 minutos depois, sai a pipoca bem crocante, caramelada e com os amendoins salgadinhos.

snack

Tenho uma avó que acredita que grande parte da graça de você assistir um filme é o que você come junto. Acho que ela vai aprovar esse acompanhamento!

2 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias

A tragédia da comparação

Bom, como tinha dito ontem fui tentar a tal receita dos fudge sticks… Eu e minha boca grande! Podia não ter contado pra ninguém e fingir que tudo que aconteceu foi de propósito, mas não tenho mais essa opção! Então vamos lá!

Começou tudo super bem! Derreti o chocolate, consegui derreter o caramelo ( coisa que eu esperava que fosse muito mais difícil do que realmente é) e já estava transformando tudo numa massa. Perfeitamente, quase uma profissional.

chocolate gigante e caramelos

misturando

Mas deveria ter lembrado que o amadora no título do blog não é de brincadeira, e que quando a esmola é demais, o santo desconfia. O santo sim, eu não. Santa ingenuidade. O primeiro desafio foi, após desenrolar a massa, achar lugar no freezer para ele. Espero que demore um tempo até Mãe ver a zona que eu fiz ali…

desenrolando

Enquanto a massa esfriava, fui fazer os Red Velvet que queria testar! Mas isso fica para outra hora. Quando já estava duro o suficiente, tirei a massa do congelador e fui cortar. cortei palitinhos, afinal são fudge sticks. Ou melhor, deveriam ser. Foi tudo ladeira abaixo a partir daí. O chocolate fazia o fudge ficar completamente mole, os chocoball não fixavam, o choclate não secava, eu não conseguia cortar reto, terremotos no mundo inteiro, 2012 se aproximando… Tá, quem sabe fui longe demais, mas deu pra entender o estado de espírito que eu estava entrando.

coitados

Não vou nem colocar a foto dos da Chocolatria do lado pra não ficar com vergonha. Mas lá estava eu, com chocolate cobrindo todas as superfícies da cozinha geralmente tão limpa de Mãe e um tabuleiro de fudge. Não me entenda mal, o fudge estava uma delícia! Claro, chocolate, caramelo e leite condensado! Yumi! Resolvi encarar o acaso, já que graças a ele coisas como o Brasil e a penicilina forma descobertas. Inventei então o bombom de fudge! Cobri quadradinhos com chocolate meio amargo e realmente ficou muito bom!

bombom de fudge!

o testador mais crítico

Os cupcakes Red Velvet já estão prontos! Alguns foram pro Acesso Zero hoje, e os outros vão ser sobremesa na pizzada dos meus amigos hoje a noite! Assim que estiverem devidamente decorados, mostro aqui! Falando em Acesso Zero, eles estão com um site novo, com uma plataforma super legal e com muito mais vouchers! Se eu fosse você dava uma passadinha!

5 Comentários

Arquivado em desastres na cozinha