Arquivo da tag: chocolate chips

Breakfast for Lunch

não se iludam, não sou eu.

Os americanos levam muito a sério o fato do café da manhã ser a refeição mais importante do dia. Não é como aqui no Brasil que a primeira refeição do dia é um pãozinho e um “pingado”. Lá são ovos, bacon, carne(!), linguiça, panquecas, waffles, cereais, batatas fritas… E se bobear tudo isso de uma vez! E eles gostam tanto destas comida que, de vez em quando, se permitem comer elas de novo em outras refeições. Eu lembro quando eu estava no intercâmbio, a maior alegria culinária da família era comer panquecas no jantar!

Aproveitando, ou melhor, sobrevivendo ao fato de minha mãe estar aproveitando as maravilhas da Itália (veja tudo sobre a viagem dela aqui) e eu ter que fazer minhas próprias refeições, pensei em por que não experimentar fazer panquecas! Hoje em dia, em qualquer supermercado que tenha uma sessão de importados, você encontra o pancake mix, que é um pó que você adiciona só leite e ovos e vira massa de panqueca, mas eu prefiro fazer desde o começo!

Panquecas:

  • 3/4 xícara farinha de trigo (valeu amiga baiana!)
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 1 colher de chá de açúcar
  • 1/2 xícara de leite
  • 1 ovo
  • 1 colher de sopa de manteiga derretida

Essa receita dá 4 panquecas de tamanho normal. Para ilustrar o post, fiz várias bem pequenininhas!

Começamos peneirando a farinha. Eu sei, peneirando. Eu admito ser aquela que sempre ignora essa parte nas receitas, mas nesta é melhor peneirar, acredite. Aproveite e já jogue junto o sal, fermento e açúcar.

peneire, please

Agora, faça um “poço” no meio da farinha e coloque ali o ovo, o leite e a manteiga derretida.

poço

Depois disso é só bater e pronto! Sério, com essa quantidade de trabalho realmente não tem porque comprar uma caixa de mix caro e industrializado, né? Agora é pegar uma frigideira bem reta, nada daquelas barrigudas. Esquentar ela um pouco e untar. Eu faço isso usando a linda da Pam, minha amada. Com uma concha, despeje a massa na frigideira. Não precisa se preocupar que ela fica redondinha sozinha.

panquequinha

Agora, o segredo é não se empolgar e aumentar o fogo. Vá com calma, veja as lindas bolhinhas subirem e garanta uma panqueca bem levinha. Uma dica é fazer cada lado apenas uma vez, e não ficar virando muitas vezes. Espere estar pronto de um lado para virar e fazer o outro. Assim a parte de virar também fica bem menos desastrosa!

virada

Eu sou fã de panquecas mais branquinhas. Mas quando for você que estiver segurando a espátula, você vai ser dono do seu próprio destino! Ou pelo menos da cor das suas panquecas!

Agora sobre coberturas! Achei no Casa Fiesta, aqui em Curitiba, o que não se pode bem chamar de Maple Syrup, e sim de Pancake Syrup. Ele tem uma base de Maple, mas é bem mais diluído, e também mais barato! Enquanto um vidrinho da calda de verdade está quase R$50,00, esta é menos de R$10,00 e é gigante! E sem falar que nos EUA é esse diluído mesmo que eles comem no café da manhã!

stack of pancakes

Ahh, o poder da fotografia. Olhando assim ninguém diz o quanto bite size essas panquecas são.

Bom, a partir daqui, vai da sua imaginação o que fazer com elas. Que tal, por exemplo, um pouco de geleia? Minha avó faz a melhor geleia de amora do mundo, com as amoras que meu avô planta e colhe! Melhor que isso, impossível!

geleia de amora

Que tal pedaços de chocolate?

chocolate chips

Dá só uma olhada naquele chocolate derretendo… Na minha opinião a melhor combinação. Eu queria testar com banana na massa, mas como já disse minha mãe está viajando e quem é que lembra de comprar banana quando vai no supermercado?! Eu que não. Você pode usar morangos, chantilly, Nutella, o que quiser! Agora ela é sua para testar!

Ah, e se você tiver crianças em casa ou for só fã da Disney como eu, que tal uma panqueca do Mickey?

mickey mouse

Fácil e sucesso garantido!

Anúncios

15 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, passo a passo, receita

Um… brookie? Sim!

Tem comidas que são maravilhosas, mas que nunca combinariam entre si. Embora tenha um amigo que é chef e jura que ainda vai conseguir montar um prato que junte bacon e leite condensado. Ficamos no aguardo.

Mas tem aquelas comidas que são muito boas e que quando você junta ficam maravilhosas! Foi esse o caso. Vamos ver, cookie bom, brownie bom… Então que tal um crownie, ou melhor, um BROOKIE!

Comecei ele, e pra quem não sabe, um dos grandes segredos de deixar seu brownie levinho é passar bem longe da batedeira. Esqueça a academia e use o muque pra misturar tudo!

Parece fácil, mas a bolha que ficou na minha mão por misturar essa massa discorda.

montanha

Começaram a perceber as semelhanças com um cookie? A cor, os pedacinhos de chocolate… e te digo, o mesmo sabor!

virando um brownie

E agora, já está vendo a semelhança com um brownie? O formato?

brookie!

Agora sim! Juro que esperava que ficasse bom, mas ficou muito bom! Infelizmente não tirei foto dele cortadinho, mas ele ficou numa consistência perfeita para cortar em quadradinhos. E sem dúvida, ótimo para comer numa tarde fria! Bem vindo ao meu caderno de receitas, brookie!

Veja a receita e como fazer no vídeo abaixo!

5 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, doce vida

Meus filhos serão gordinhos

Cresci numa casa na qual era comum que Mãe fizesse nega maluca quando tinhamos visita. Mas não é qualquer nega maluca, é a melhor nega maluca do mundo! E isso não é opinião pessoal, o povo votou e ela ganhou. Embora o bolo aparecesse mais quando nossos amiguinhos vinham passar a tarde, (assim como a Coca-Cola na geladeira, que estava lá para ser aberta só em caso de visita do Papa ou da Rainha)  sempre foi muito presente na minha vida.

Sei que essa receita é fácil, porque para ter tempo de assar, trabalhar e ainda cuidar de dois filhos, não podia ser nada muito complicado! Mas unindo o útil ao agradável, sei que quando tiver meus filhos também vou ter gostosuras caseiras para eles! E nada melhor para isso que uma massa de cookies congelada, que você assa na hora que quiser!

Enquanto a ideia de ter filhos ainda está bem longe, eu vou treinando receitas!

Peguei uma receita bem fácil de fazer, que demora menos de 15 minutos para ficar pronta. Isso com um pouco de organização, separando os ingredientes bonitinhos.

ingredientes

Depois de juntar tudo, foi só preparar o papel celofane e enrolar a massa.

_

Depois de transformar a massa num rolo, é só colocar no congelador e pronto! Sempre que tiver vontade de cookies, é só tirar, cortar quantas fatias quiser, colocar no forno por 10 minutos e ta-dá! Cookies quentinhos!

pronta pro freezer, e pro forno!

Fácil desse jeito, com certeza farei para minha prole quando chegarem da escola. Coitados, vão ser tão rechonchudinhos…

3 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, doce vida