Arquivo da tag: confissão

Confissão: A Menina que Roubava Livros

Estou sofrendo.

loudog1

Gosto de ler. Sempre gostei. Quem sabe dizer que gosto é pouco, sendo que já aconteceu em mais de uma viagem com amigos de me darem quotas no dia em que eu podia ler. Ok, sabendo isso tem mais duas partes da história que você precisa saber. Primeira, tenho uma regra que não assisto o filme se não tiver lido o livro no qual ele foi baseado. Não e pronto. Segundo, minha mãe cuida da maravilhosa Freguesia do Livro.

Foi numa conjunção de todas essas coisas que entrou a Menina que Roubava Livros. Estava saindo o filme. Minha mãe tinha acabado de receber um e eu gosto de ler! Tinha tudo pra ser perfeito.

Não foi. Não é. Estou a quase um mês tentando ler esse livro. Quem já me viu ler livros de 700pgs em 2 dias sabe o quanto isso é estranho. A confissão é: estou odiando. Não gosto do jeito do tal do Markus Zusak escrever e não consigo entrar na história. Mas daí você me pergunta, por que, então, você não para de ler? Porque não consigo.  No man left behind. Não abandono ninguém em batalha.

Sem falar que já filmei uma receita que vai acompanhar um post sobre esse livro/filme. O que significa que tenho que acabar de ler em mais alguns dias.

Então me ajuda! Você leu? Você gostou? Quer me explicar por que?? Ele melhora no final? Existe luz no fim deste túnel??

Me ajudem! Senão, nada de receita de torta alemã pra vocês!

Anúncios

10 Comentários

Arquivado em doce vida, Livros com Açúcar

Confissão: A Receita Secreta

Quando comecei esse blog, no meu primeiríssimo post, falei que meu brownie sempre fez sucesso com meus amigos e minha família. Aliás, falando com a minha mãe esses dias, foi o estopim de todo esse meu amor pela cozinha. Mas a partir disso, vem uma confissão: Eu não passo a receita pra ninguém.

Sim, eu sei. Muito rude. Mas a receita é de minha autoria, e eu gosto dela. Gosto muito. Claro que tem pessoas pra quem não tem como negar, então membros selecionados da família tem, mas com muita dor no meu coraçãozinho. A Lu, do Rosmarino, já falou disso no blog dela, e eu concordo com tudo que ela disse aqui. Mas sabe como é, eu prefiro admitir pro mundo que eu sou egoísta nessa, do que passar a receita errada, né? Afinal, tem uma partezinha do inferno reservada só pra quem faz isso!

Tendo tirado isso do meu peito, vamos continuar! Essa semana tinha várias pessoas que queria presentear e queria dar um presente bem doce. E depois de ver que a Glau, do Quitandoca, fez um brownie de marmita para dar de presente, resolvi fazer minha própria versão!

A Glau fez em potinhos de metal mais bonitinhos, mas eu resolvi fazer bem marmitinha, e comprei aqueles de alumínio mesmo, do menor tamanho possível. Daí é só fazer sua receita de brownie preferida. Ah, vai! Eu sei que você tem uma, não precisa me fazer sentir mais culpada por não passar!

Divida a massa nas forminhas e mande pro forno! Enquanto assa, você vai ter tempo de fazer o resto. Eu queria imagens bem bonitas pra isso, então passei num sebo aqui perto e comprei esses dois atlas da National Geographic.

Depois escolhi as foto mais bonitas e coloridas, que sendo num livro da National Geographic não foi nem um pouco difícil! Peguei a tampinha da marmita, colei e recortei.

E ficaram assim:

Quando meu exército de mini-brownies saiu do forno já estava tudo pronto.

Esperei esfriar e tampei! Vai dizer que não dá outra cara?

Como você pode ver, alguns deles tinha recadinhos. Isso porque foram personalizados para as pessoas que iam ganhar, como a minha tia que acabou de chegar do Peru!

Minha vó que operou o pé…

E por fim, pro meu vô, que como eu, não vive sem chocolate!

Os outros foram pras meninas da Pós, no nosso jantar de despedida, já que estamos acabando a aula! Hurraay! Tá, mentira. Só eu estou acabando a aula, elas ainda tem outros módulos. Eu que sou um pequeno gênio e acelerei. (cof, cof!)

Bom, todos que receberam adoraram, e eu também achei que ficou uma graça! Fácil de fazer em casa, e você pode usar o que quiser para cobrir as tampas. Papéis de scrap, folhas de livros antigos, páginas de gibis, mapas… O que seu coraçãozinho mandar!

12 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, confissão na cozinha, dicas, DIY, doce universo, doce vida, receita

Confissão: Crocs

Sendo que o nome deste blog é Confissões de Uma Doceira Amadora, nada melhor que eu usá-lo como confessionário. Então, confesso que eu acho Crocs uma das invenções mais feias do mundo. Perdão se você gosta, mas gosto é gosto e eu acho feio. Confesso que eu costumo dar risada sobre pessoas na rua usando Crocs. Perdão se você foi uma delas.

Agora, confesso que eu tenho uma Crocs. Sim, hipocrisia mode on. Mas eu juro que só uso ela dentro de casa, e geralmente dentro da cozinha. E confesso que ela é a coisa mais confortável do mundo.

enfarinhados

E confesso que um dia acabou minha manteiga, fui na padaria comprar e quando cheguei lá reparei que estava com elas…

4 Comentários

Arquivado em confissão na cozinha, desastres na cozinha