Arquivo da tag: cozinha

Cozinhas Sonho – Black

Cozinha é uma área da casa conhecidamente branca, né? Pode ser pelo mesmo motivo de hospitais, para parecer mais limpos, e é claro, dar pra ver quando está sujo! Mas acabo achando cozinhas que seguem esse conceito à risca tendem a ser um pouco… sem graça. A cozinha é um dos lugares mais gostosos da casa e tem que ser convidativo! E uma corzinha sempre ajuda nisso! Mas e se essa cor for preta?

Tem gente que escolhe um canto da cozinha, pinta de preto e dá outra cara pro ambiente!

Podem ser só os móveis, também.

Mas pra mim, o mais legal mesmo é aquela tinta preta que você pode escrever como se fosse quadro negro! Daí o pessoal solta a imaginação mesmo! Pode ser com frases:

Liberar pra criançada:

Ou transformar cantinhos sem graça no destaque da cozinha!

São jeito super legais, mais também tem gente que, na minha opinião, perde a mão. Essa aí de baixo é um exagero, não acham? Sério, teto preto? Sério?

Mas sempre fugindo do comum!

Anúncios

1 comentário

Arquivado em cozinhas sonho, doce universo

Cozinha Sonho

Às vezes eu paro e fico pensando como minha vida vai ser daqui a 5, 10 anos. Acho que muita gente faz isso, pensa onde vai estar morando, se vai ter casado, filhos quem sabe? Mas, me chamem de estranha, quando eu faço esse tipo de reflexão, é possível que eu passe a maior parte do tempo pensando em como vai ser minha cozinha. Sim, a cozinha.

Pode me chamar de estranha.

Mas eu já tenho a cozinha perfeita em mente. Isso porque ela existe, e pertence a Meg Duerksen, do Whatever. Ela é uma americana, que tem um blog mega colorido e cheio de projetinhos de arte. Ela tem 5 filhos e uma cozinha perfeita, que cabe todo mundo.

Os móveis são todos brancos, e os eletrodomésticos de inox, mas nem por isso que dizer que seja uma cozinha clean. Cheia de toques de cor, inclusive dos projetos de artes dos filhos. E é claro que uma das partes que eu mais gosto é essa ilha!

Outra coisa muito legal é que ela derrubou uma parede e juntou a cozinha com uma sala. Com direito a sofá e tudo! Ela diz que pra quem tem filhos é uma beleza, assim eles ficam por lá, fazem a lição, enquanto você cozinha e fica de olho ao mesmo tempo!

A iluminação também é uma parte bem importante. Claro que não é todo mundo que tem a possibilidade, mas muitas janelas grandes fazem toda a diferença!

Linda, não? Um dia vou ter uma assim! Quem sabe eu tenha 5 filhos, ou 10 cachorros, isso eu não sei! Mas da cozinha, eu tenho certeza! E pra você que está pensando na sua própria cozinha e deprimindo, saiba que a cozinha dela antes era assim!

Ou seja, a esperança é a última que morre!

3 Comentários

Arquivado em cozinhas sonho

Um pedido público de desculpas

Muitas vezes pedir desculpa pode ser a coisa mais difícil. Admitir estar errado, pedir perdão. Mas depois de algum tempo, quando você repara que errou, é necessário.

Então aqui estou pra dizer que errei. Que julguei mal, falei sem ter todos os fatos, me entreguei a preconceitos. Mas agora, depois da segurança e conforto que você me passou, eu tenho que dizer: Crocs, eu te amo!

Essa aí em cima é tal da Crocs Bistrô, a amada da vez. Mesmo sempre tendo falado mal de você e até pertencer a um grupo no Facebook chamado “Não importa o quanto a Crocs é confortável, você ainda parece um idiota”, mas não me importo mais com isso! Só de eu não quase escorregar na cozinha e meu pé só doer nas últimas duas horas, já me apaixonei!

Mas juro, só uso ela no trabalho, tá? Vocês jamais vão me ver com ela na rua. É claro que não estou contando com a vez que eu fui na padaria com uma... Isso foi um acidente!

8 Comentários

Arquivado em confissão na cozinha, Curitiba, dicas

Primeiros dias

Pra começar, queria agradecer todos os recados, mensagens, e-mail e ligações de boa sorte e parabéns que eu recebi depois do último post! Amigos, familiares, pessoas que eu não falo a muito tempo, amigos de internet, ilustres desconhecidos, o Papa… Tá, quem sabe não o último, mas é muito legal saber que tem gente torcendo por você! Então aí vai meu obrigada!

Minha intenção era ter chego ontem em casa e feito o post. Mas, porém, toda via, entretanto eu deveria dizer que passar 8 horas por dia de pé trabalhando é algo que vai levar um tempo pro meu corpo se acostumar. Ainda mais eu tendo inventado de ir correr quando cheguei em casa. Mas então aí vai meus últimos dias.

Cheguei lá, oito horas da manhã, nervosa e vestida de branco. Falei pro meu pai que esse é o mais perto que eles vai chegar de ter uma filha médica! Mas cheguei e já comecei: fiz mousse de morango, de limão, brigadeiro, torta da nonna, papo de anjo e ainda ajudei a fazer dois molhos para salada! Sim, isso tudo num dia só! E hoje fiz salada de frutas, cobertura da torta da nonna, calda para o papo de anjo, e ainda ajudei na cozinha quente.

O mais legal é que parece muito trabalho, mas não é! Pelo menos não parece. É claro que ficar 8hs de pé, carregando e levantando coisas pesadas cansa, mas o trabalho é mega divertido. No meio da tarde parei pra pensar por que eu ainda não estava cansada, e também percebi que muitas vezes eu fico eu fico horas de pé na minha cozinha mesmo! E ali, mesmo sem meu laptop passando uma série ou tocando uma música, tem a conversa pra distrair! O bom de cozinha é que, diferente de um trabalho sentado na frente do computador, você pode cozinhar e conversar com as pessoas ao redor e o pessoal lá é muito divertido.

Lá tem várias cozinhas separadas, a do pré-preparo, a cozinha fria, a quente e a da pizarria. Mas eu sou meio nômade, como pra fazer doces você precisa de um pouco de tudo, eu vou me movimentando. O que foi bem difícil porque, uma coisa que ninguém te conta, cozinhas são bem molhadas!! Não me pergunte o por que, mas são! E acredite, o esforço de não cair (que, aliás, foi bem sucedido!) segurando panelas pesadas, facas e coisas do tipo matam sua perna! Mas hoje comprei uma Crocs! Nunca achei que ia ficar tão feliz de ter aquele negócio feio no pé!

De ontem pra hoje já me situei mais, sei onde as coisas estão, e onde posso ir pra fazer as coisas! Mesmo assim acidentes acontecem. Ou quase! Enquanto estava fazendo a calda de papo de anjo pedi o cravo pra uma coleguinha de cozinha. Ela me deu, eu já tinha pesado e estava quase colocando na calda, eu olhei mais perto e era PIMENTA PRETA! Seria um papo de anjo épico! E ontem o Chef chegou e pediu pra fazer um creme, me deu a receita e começou a falar “daí você sabe. Você tem que fazer isso, colocar não sei aonde, cuidar com a temperatura daquilo. Fácil.” Nesse momento ele me olhou e viu o olhar de pânico no meu rosto. Mas ele me explicou certinho e o pânico passou…

Trabalhar no lá tem algumas vantagens. Alô, almoçar comida do Gepetto todo dia?! Score! O porém é que a gente almoça depois que os clientes foram embora, e minha barriguinha ainda não aprendeu a ter fome só depois das duas… Outra vantagem é (mulheres, preparem-se!) alguém lava a sua louça!! Ai, que lindo!

Pode não ser o Michael Jackson e o Paul McCartney, mas tá valendo!

Por hoje é só! Minha cama me espera! E amanhã tem feijoada lá, hein! E acreditem, passei o dia inteiro sentindo o cheirinho dela, vai tar demais!

5 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, confissão na cozinha, Curitiba, doce vida

Confissão: Crocs

Sendo que o nome deste blog é Confissões de Uma Doceira Amadora, nada melhor que eu usá-lo como confessionário. Então, confesso que eu acho Crocs uma das invenções mais feias do mundo. Perdão se você gosta, mas gosto é gosto e eu acho feio. Confesso que eu costumo dar risada sobre pessoas na rua usando Crocs. Perdão se você foi uma delas.

Agora, confesso que eu tenho uma Crocs. Sim, hipocrisia mode on. Mas eu juro que só uso ela dentro de casa, e geralmente dentro da cozinha. E confesso que ela é a coisa mais confortável do mundo.

enfarinhados

E confesso que um dia acabou minha manteiga, fui na padaria comprar e quando cheguei lá reparei que estava com elas…

4 Comentários

Arquivado em confissão na cozinha, desastres na cozinha