Arquivo da tag: feito em casa

Cinema com Açúcar – 500 dias com ela + Croissants (parte 2)

Este post começou aqui, antes de ver este, passe lá!

Eu sei, eu sei! Demorou muito pra vir a outra parte deste post. Mas não entrem em pânico, não estou entrando em período sabático de novo. Foi só um tempo que eu estava precisando pra preparar algumas novidades muito legais que vão sair do forno muito em breve! Então, se você mora em Curitiba, sorte sua! Se não, eu seriamente pensaria em me mudar pra cá. Tá, ou só vir visitar. Nem todo mundo é drástico como eu…

Mas voltando da tangente, aí vamos aprender a formar nossos lindos croissants!

No post passado, aprendemos a fazer a massa folhada que é a base do croissant. O produto final foi este:

Agora, depois de um período de descanso na geladeira, é hora de abrir esta belezura! Isso vai ajudar a endurecer a manteiga e a não te enlouquecer, sendo que se você tentasse com ela macia ia ser um tal de derretimento para todo os lados.

Abra ela até bem fina, com uma largura de mais ou menos 30 cm, e o comprimento que a massa aceitar. Não precisa dar asas ao seu TOC e pegar a régua, vai numa estimativa mesmo.

Eu sei que não é a coisa mais fácil do mundo, mas tente ao máximo deixar num formato de retângulo. Essa massa é um pouco temperamental e não aceita ser remendada. Chatinha, eu sei. Mas gostosa desse jeito ela pode ser o que quiser.

Depois de aberta, apare os lados pra fazer o retângulo mais perfeito que você conseguir. Não jogue os restinhos fora! Sério, se você jogar fora você vai se arrepender. Eles podem ser aproveitados pra uma delícia que ainda vai aparecer por aqui. Fica a dica.

Lembra quando eu falei que não precisava pegar a régua? Tá, eu menti. Pode ir buscar, eu espero.

Agora que você tem todo o equipamento necessário, comece pela parte de baixo da massa. Faça marquinhas com uma faca a cada 10 cm. Depois, passe para a parte de cima, faça a primeira marcação 5 cm do começo da marca. A partir dessa primeira marca, faça marquinhas a cada 10 cm de novo.

Pegue uma faca bem afiada ou um cortador de pizza e corte de marca a marca. O resultado final vai ser algo assim:

Agora que você tem seus lindos triângulos, é a hora da mágica! Pegue um deles, e faça um corte na sua base. Abra um pouco, e comece a enrolar. Aí vai uma ajudinha visual do que eu estou falando.

Agora vem uma parte mais complicadinha. Coloque as pontas dos dedos nas partes já enroladas. Com um movimento só, vá enrolando o croissant inteiro até as palmas da mão. Isso vai garantir que ele fique apertado.

Gente, já temos croissants! Olha a carinha dele, que lindo! Tá, ele ainda tá mirradinho né? Não se preocupe, esta é a hora de crescer! Coloque todos em uma forma com papel manteiga e deixe para crescer por mais ou menos uma hora.

Quando eles tiverem crescidos, pincele um ovo batido por cima deles. Isso vai ajudar eles a ficarem com um bronzeado de dar inveja!

Agora é só colocar em forno pré aquecido a 200 graus, por aproximadamente 20, ou até eles ficarem bem dourados. Enquanto isso se prepare, pegue uma manteiga e uma faca, porque nada ganha de croissant saindo do forno com uma manteiguinha derretendo em cima…

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, Cinema com Açúcar, passo a passo, receita