Arquivo da tag: filme

Cinema com Açúcar – Comer, Rezar, Amar

comer rezar amar

Confesso que quando começaram a falar deste livro tive um daqueles momentos “não li e não gostei”. Pelo título achava que deveria ser muito auto-ajuda para o meu gosto. Mas então começou todo o burburinho sobre o filme que ia ser lançado. Agora, duas coisas que você deve saber sobre mim: 1) faço tudo que posso para ler o livro antes de ver o filme. 2) Se tem um filme de menininha, eu vou assistir!

Com essa combinação comecei a ler, e fiquei impressionada! Ela tem um jeito de escrever que é tão honesto e realista que te faz parar a cada 5 minutos e dizer “nossa, é verdade!”. Você se identifica e simpatiza com muitas partes das história. Embora quem sabe seja um livro muito direcionado para mulheres, fala de assuntos como amor e espiritualidade, que todo mundo pode se relacionar. Como diria uma amiga minha que também está lendo o livro “não é a toa que vendeu mais de 5 milhões de cópias!”.

Foi assim então que, um dia depois de um filme cheio de zumbis e muito sangue, fui ver o filme. Estava precisando desesperadamente de momentos de menininha. E foi o que consegui. O filme definitivamente não tem atinge o espectador assim como o livro faz com o leitor, mas mesmo assim é uma delícia.

Elizabeth Gilbert ( ou Julia Roberts!)

O filme é autobiográfico, e conta a história de Liz Gilbert, que depois de um divórcio e um caso de amor dado errado, decide que precisa mudar alguma coisa na sua vida, e parte numa viagem de auto descobrimento para Itália, Índia e Bali. Então, assim como o livro, o filme é dividido em três partes.

Comer

Começamos conhecendo Liz e tudo que ela passou. Então vemos ela começar a sua jornada que tem como ponto de partida Roma, onde ela vai ficar 4 meses. Esta é a parte do livro, e do filme, que mais me identifiquei! Por tudo que ela passa e, é claro, pela comida! Ter família em Roma também ajudou, para reconhecer os lugares e as comidas! É uma delícia ver no filme as refeições que ela faz, e com muito gosto!

a melhor pizza

Rezar

Ela chega na Índia e começa a procurar sua espiritualidade. Pra mim valeu muito pelas conversas que ela tem com ela mesma e pelo Richard, do Texas!

Amar

Em Bali, ela se torna aluna de um curandeiro e, é claro, conhece o seu par romântico!

love

O resultado é um filme que perde muito da graça e da identificação do livro, mas mesmo assim é gostoso de assistir. Pra quem leu tem muitos momentos que você reconhece palavra por palavra, mas também outros que foge completamente. Mesmo assim, continua sendo uma história verídica da vida de uma mulher, e acredito que muitas mulheres vão se identificar.

É engraçado ver o Javier Barden tentando se passar por brasileiro e não conseguindo muito. Os lugares são lindos e você sai do filme com vontade de sair na sua própria viagem de auto descoberta.Muitas pessoas acharam muito clichê, mas as vezes a vida é tão cheia deles que combina.

Como disse, é um filme gostoso, e para acompanhar uma receita gostosa!

Cookies de Brownie

Basicamente uma receita de brownie adaptada e super rápida.

300 g de chocolate meio amargo
1/2 xícara de farinha
pitada de fermento
50g de manteiga
1/2 xícara de açúcar
1/2 xícara açúcar mascavo
3 ovos
Derreta o chocolate. Junte numa outra tigela os outros ingredientes, menos os ovos e a farinha.

começando

Junte o chocolate e bata até incorporar bem o chocolate. Acrescente os ovos um de cada vez, e então a farinha.
Coloque numa forma aproximadamente uma colher de sopa da massa, separada dos outros por alguns centímentros.

blobs

Asse no forno pré-aquecido por mais ou menos 15 minutos, e voilà!

yum!

Agora é só comer e assistir! Se quiser rezar no meio disso, fique a vontade!
Anúncios

6 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, Cinema com Açúcar, passo a passo, receita

Cinema com Açúcar – Whip It

Pra quem não sabe, sou apaixonada por cinema! Cresci numa locadora (sim, bem a la Tarantino) e sou formada em Cinema Digital. Por isso tive uma ideia aqui para o blog, vou colocar uma dica de filme acompanhada de uma receitinha de snack aqui, uma vez por semana. Quer dizer, vou tentar uma vez por semana, se eu não conseguir, não usem isso contra mim. A culpa não é minha! Quer dizer, é sim, mas eu não quero ela. Grata.

whip it

Voltando ao assunto, o filme de hoje é Whip It. O nome em português é Garota Fantástica. Sim, isso mesmo. Ótima tradução, campeões! Mas não vou começar a falar sobre o que eu acho da mudança brasileira de títulos. As palavras utilizadas não seriam muito bonitas.

Whip It é o primeiro filme dirigido pela Drew Barrimore e fala sobre Bliss (Ellen Page, a gravidinha do Juno), que vive numa cidade minúscula e tem uma mãe que está decidida que ela seja uma miss, mesmo ela não tendo vocação nenhuma para isso. Ela acaba descobrindo que, perto da cidade onde mora, acontecem Roller Derbys. Este é um daqueles esportes bem americanos, que basicamente são dois times de mulheres em patins correndo e se batendo ao mesmo tempo.

É claro que tem um interesse amoroso no filme, mas mesmo assim o filme é um delícia de assistir e sai daquele molde de amor de high school que estamos acostumados a ver nos filmes hollywoodianos. Tem um senso de humor diferente, com uma vibe de Juno e uma trilha sonora muito boa, que conta até com Gilberto Gil. E o bonus é a volta da Julliete Lewis!

Julliete Lewis e Ellen Page

É um filme ótimo para ver naquela noite fria, embaixo das cobertas. Se você for uma menina. Se for menino, assista com a namorada, você faz uma moral que está assistindo por ela e ainda vê um filme bom! Se for menino, não tiver namorada, e achar que tem uma reputação a zelar, assista e fale que viu Transformers.

Agora em docinho para acompanhar!

Saltine Toffee

Saltine Toffee

O que você vai precisar:

1 pacote Cream Crackers

175g manteiga

1 1/2 xícara de açúcar mascavo

2 xícaras chocolate

ingredientes

1) Forre uma forma com Cream Crackers

cream crackers

2) Numa panela em fogo baixo, derreta a manteiga com o açúcar mascavo, até começar a ferver.

3) Deixe esfriar por alguns momentos e então jogue em cima das bolachas. Espalhe uniformemente.

toffee

toffee

4) Leve ao forno médio por aproximadamente 5 minutos, ou até começar a borbulhar.

5) Retire do forno e jogue o chocolate por cima. Retorne ao forno até que o chocolate tenha ficado mole. Use uma espátula para espalhar uniformemente.

chocolate

6) Coloque na geladeira por 30 minutos. Corte em pedaços e use uma espátula para soltar. E pronto!

pronto!

O bom deste doce é que ele é bastante customizável. Você pode trocar a camada de toffee por diversas outras coisas, como manteiga de amendoim, doce de leite e o que você imaginar! Embora eu conheça uma pessoa que diga que não exista nada que seja “doce demais” (cof, Mariana, cof!), foi o que o irmão achou! Por isso na próxima vez, farei com caramelo!

Agora é só sentar na frente da TV com uma cumbuca de Saltine Toffee e assistir Whip It!

4 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, Cinema com Açúcar, passo a passo, receita