Arquivo da tag: livro

They’ll always have Paris

Meu irmão atualmente mora em Roma. Ele diz que é pra fazer pós. Eu sei que é pra comer pizza e andar de Vespa. Mas fica entre nós. Vida boa, né? O único problema deve ser da namorada ainda morar aqui no Brasil! Mas sabe como dizem, quando a vida lhe dá limões, faça limonada! Ou quando a vida lhe dá um namorado na Europa, vá visitar!

Foi o que ela fez. E como na Europa tudo é perto, eles foram dar uma passadinha em Paris. Chato, muito chato.

Bom, a esta altura eu estava pensando bom para eles, mas minha vida não estava sendo muito afetada pela viagem. Até o dia que, depois de 16hs fora de casa entre trabalho e aula, eu volto pra casa. Cansada e de mau humor, vou até meu quarto, e o que eu encontro? Presentes!

Isso vem acontecendo bastante, né? Mas eu não estou reclamando, aliás, melhora muito meu dia! Esse fardinho era composto pelo meu perfume preferido, o Sexy Little Things, da Victoria’s Secrets que, além de ter um cheirinho delicioso de amora, tem uma caixa “levanta-ego”! Como assim? A caixinha, toda vez que você abre, assobia pra você! Sim, faz fiu-fiu! Demais! Veio também duas lindas mostardas super diferentes, que eu não vejo a hora de experimentar!

Chegou a hora da pièce de résistance! Primeiro que começa pela beleza da caixa! Gente, o que é isso! Caixa, sua linda!


Como vocês podem ver o nome é O Livro Secreto de Patisserie. Ah, acho que estou amando…

E olha o interior! Ele é meio vintage, e com receitas maravilhosas! Vou ter que trabalhar meu francês um pouquinho pra poder por essas belezinhas na prática!

Lindo, maravilhoso, amado.

Agora só um PS. Essa viagem que eles fizeram é uma que eu posso apoiar! Eles só comeram, impressionante! Só tem foto mastigando, esse sim é meu irmão!

Mas isso era de se esperar, ele é bom de garfo e sempre foi minha cobaia! Mas o mais impressionante foi minha cunhadinha, que come igual passarinho e, pasmem, não gosta de chocolate, comendo em todas as fotos!

Ai, que orgulho! Agora sim pode entrar pra família, Jessie!

Anúncios

14 Comentários

Arquivado em comendo por aí, dicas, doce vida, Viagem com Açúcar

Cinema com Açúcar – Comer, Rezar, Amar

comer rezar amar

Confesso que quando começaram a falar deste livro tive um daqueles momentos “não li e não gostei”. Pelo título achava que deveria ser muito auto-ajuda para o meu gosto. Mas então começou todo o burburinho sobre o filme que ia ser lançado. Agora, duas coisas que você deve saber sobre mim: 1) faço tudo que posso para ler o livro antes de ver o filme. 2) Se tem um filme de menininha, eu vou assistir!

Com essa combinação comecei a ler, e fiquei impressionada! Ela tem um jeito de escrever que é tão honesto e realista que te faz parar a cada 5 minutos e dizer “nossa, é verdade!”. Você se identifica e simpatiza com muitas partes das história. Embora quem sabe seja um livro muito direcionado para mulheres, fala de assuntos como amor e espiritualidade, que todo mundo pode se relacionar. Como diria uma amiga minha que também está lendo o livro “não é a toa que vendeu mais de 5 milhões de cópias!”.

Foi assim então que, um dia depois de um filme cheio de zumbis e muito sangue, fui ver o filme. Estava precisando desesperadamente de momentos de menininha. E foi o que consegui. O filme definitivamente não tem atinge o espectador assim como o livro faz com o leitor, mas mesmo assim é uma delícia.

Elizabeth Gilbert ( ou Julia Roberts!)

O filme é autobiográfico, e conta a história de Liz Gilbert, que depois de um divórcio e um caso de amor dado errado, decide que precisa mudar alguma coisa na sua vida, e parte numa viagem de auto descobrimento para Itália, Índia e Bali. Então, assim como o livro, o filme é dividido em três partes.

Comer

Começamos conhecendo Liz e tudo que ela passou. Então vemos ela começar a sua jornada que tem como ponto de partida Roma, onde ela vai ficar 4 meses. Esta é a parte do livro, e do filme, que mais me identifiquei! Por tudo que ela passa e, é claro, pela comida! Ter família em Roma também ajudou, para reconhecer os lugares e as comidas! É uma delícia ver no filme as refeições que ela faz, e com muito gosto!

a melhor pizza

Rezar

Ela chega na Índia e começa a procurar sua espiritualidade. Pra mim valeu muito pelas conversas que ela tem com ela mesma e pelo Richard, do Texas!

Amar

Em Bali, ela se torna aluna de um curandeiro e, é claro, conhece o seu par romântico!

love

O resultado é um filme que perde muito da graça e da identificação do livro, mas mesmo assim é gostoso de assistir. Pra quem leu tem muitos momentos que você reconhece palavra por palavra, mas também outros que foge completamente. Mesmo assim, continua sendo uma história verídica da vida de uma mulher, e acredito que muitas mulheres vão se identificar.

É engraçado ver o Javier Barden tentando se passar por brasileiro e não conseguindo muito. Os lugares são lindos e você sai do filme com vontade de sair na sua própria viagem de auto descoberta.Muitas pessoas acharam muito clichê, mas as vezes a vida é tão cheia deles que combina.

Como disse, é um filme gostoso, e para acompanhar uma receita gostosa!

Cookies de Brownie

Basicamente uma receita de brownie adaptada e super rápida.

300 g de chocolate meio amargo
1/2 xícara de farinha
pitada de fermento
50g de manteiga
1/2 xícara de açúcar
1/2 xícara açúcar mascavo
3 ovos
Derreta o chocolate. Junte numa outra tigela os outros ingredientes, menos os ovos e a farinha.

começando

Junte o chocolate e bata até incorporar bem o chocolate. Acrescente os ovos um de cada vez, e então a farinha.
Coloque numa forma aproximadamente uma colher de sopa da massa, separada dos outros por alguns centímentros.

blobs

Asse no forno pré-aquecido por mais ou menos 15 minutos, e voilà!

yum!

Agora é só comer e assistir! Se quiser rezar no meio disso, fique a vontade!

6 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, Cinema com Açúcar, passo a passo, receita

It’s always a choice…


oh, dear…

“Quero ter um corpo bonito, mas não tanto quanto eu quero sobremesa.”

É sempre uma escolha!

2 Comentários

Arquivado em confissão na cozinha, doce vida

cupcakes para a cunhada

morango e hortelã

Sabe aquele ditado “casa de ferreiro, espeto de pau”? Funciona bem quando você é fonoaudióloga e já nas primeiras palavras da sua filha, vê que ela fala tudo errado (sim, a filha sou eu). Ou quando você é doceira e tem uma cunhada que não gosta de doces!

É meu caso, a namorada do meu irmão passa batido pela maioria das sobremesas, inclusive os meus cupcakes, o que deixa o meu ego de doceira extremamente abatido. Mas um dos meus livros recém chegados, o Wild About Cupcakes, tem receitas mais, digamos, saudáveis. Então entreguei pra ela escolher uma receita e foi essa a escolhida:

Um breve parabéns pra cunhadinha que conseguiu escolher a receita com menos açucar que eu já vi na minha vida! Mandei pra ela e ela foi demais e me mandou as fotos da “degustação”.

olha como ela gostou

A srta. Jéssica é mestre em conseguir pontos com a família, o modo mais comum é rir das piadas do meu pai. Mesmo quando ele conta em italiano e ela não entende. E devo admitir… Vários pontos pelas fotos!

a prova

E claro que eu tinha que ter a prova dela realmente comendo! Pelo jeito agradou!

1 comentário

Arquivado em aventuras culinárias, doce vida

livros, livros, livros!

Duas semanas atrás finalmente chegou minha compra da Amazon! Se você já comprou algum livro por lá, sabe bem como é a ansiedade até que ele chegue, e também a maravilha que é abrir aquele pacote gigante recheado de livros! Ainda mais quando esses livros tratam de coisas tão gostosas como cupcakes e cookies!

livros

São 5 livros no total. Dois deles, o “Cupcakes!” e o “Wild about Cupcakes” eu comprei depois de ler as críticas e opiniões de pessoas que já haviam comprado, e não me arrependi. O da Martha Steward é praticamente obrigatório de se ter. Tem muitas receitas diferentes e milhares de ideias e dicas de decoração. A maioria do material está disponivel no site dela, mas é sempre bom ter o livro de verdade.

os cupcakes da Magnolia

Já este livro eu comprei apesar das críticas. Todo mundo falou que as receitas não eram tudo isso, mas eu não pude resistir! É o livro da confeitaria que todos falam que foi responsável por transformar os cupcakes em febre mundial! Claro que aparecer no Sex and the City também ajudou muito!

big fat cookies

Esse aqui eu não pude resistir ao nome – Big Fat Cookie. E olha que ele não decepciona, é um receita mais gostosa que a outra!

Bom, com todo esse material novo é hora de colocar em prática! Já tenho algumas receitas escolhidas e em breve conto tudo!

3 Comentários

Arquivado em doce universo