Arquivo da tag: morango

Ahhh, o amor!

Sexta-feira passada foi o famoso Valentine’s Day nos Eua! Fizemos um vídeo lá no canal mostrando como fazer um presente para seu amado que conquista, ou reconquista, qualquer um! Sem falar que presentes feitos a mão são muuuuito mais especiais que alguma coisa comprada numa loja, né? O fato que é beeeem mais barato também… bom, isso é bônus!

Daquelas receitas que todo mundo gosta, a tão conhecida “mais fácil impossível”. Você só vai precisar dos morangos mais bonitos que encontrar, duas barras de chocolate meio amargo e meia barra de chocolate branco! Veja aí como é fácil de fazer!

Nem se dê ao trabalho de tirar a panela pra fazer banho maria, pode derreter no microondas mesmo! Só lembre de nunca deixar mais de 30 segundos por vez o chocolate meio amargo, e de 15 o chocolate branco. Misturando sempre entre “microondadas”.

Tá certo que eu fui pela lei do menor esforço e fiz só com um pouco de chocolate branco! Mas você pode deixar a imaginação solta e inventar um monte! Dê uma olhada em alguns exemplos tirados do Tumblr!

tumblr_n0w1f3zsEG1r866cno1_400 tumblr_n0zso0tlpH1qi9056o1_500 tumblr_n11rvffFyZ1trsjwro1_400 tumblr_n13v2amdZ31r504v4o1_400 tumblr_n101s2ImOT1r250a9o1_500

Sirva super fina e bem vestida, acompanhada de uma taça de champagne!

Oooou como de pijama, vendo filme e bebendo suco! Sabe como é, cada um na sua!

Anúncios

Deixe um comentário

por | 17 de fevereiro de 2014 · 15:28

Godiva Strawberry

Morando no Brasil, muitas vezes tem uma marca, ou produto que a gente glamuriza. Seja porque vemos sempre em filmes, ou porque chega em terras tupiniquins com preços absurdos. E sempre é uma surpresa chegar nos EUA e ver que por aqui são coisas super normais.

Um exemplo disso é a Godiva. Chocólatras de plantão vão saber que é uma marca de chocolate super famosa e uma delícia! Mas que por aqui tem por todo canto. Sério. Todo canto. Você vai no supermercado: Godiva. Você vai num café: Godiva. Você vai numa livraria: Godiva. Não me entendam errado, eu não estou reclamando! Longe disso! Acho lindo! Ainda mais porque tem várias lojas espalhadas pela cidade, e é lá que a verdadeira mágica acontece: morangos mergulhados em chocolate Godiva. Yes, please! 

Quem sabe na foto falte algo para comparar, mas os morangos são gigantes! Escolho acreditar que eles crescem tanto assim porque sabem que vão ser mergulhados em Godiva! Quem sabe eu também teria crescido mais e ficado com altura normal se alguém tivesse ameaçado me mergulhar em Godiva… Nunca saberemos!

Bom, voltando ao assunto! Eles colocam em pacotinhos de papel e lá vem a delícia!

Agora é só passear por aí comendo morangos… No nosso caso estávamos na Quinta Avenida.

Mas você pode achar esses morangos pela cidade toda, mas atenção! Eles fazem uma vez por dia e quando acaba, acaba! Só no dia seguinte!

(Aquela coisa verde na minha mão é um Green Iced Tea Latte. Estou experimentando todas as bebidas do Starbucks pra ver qual será minha preferida. Essa eu achei uma delícia! Minha mãe e minha tia não gostaram. Mas pode ser que ela ser verde tenha tido alguma coisa a ver com isso…)

13 Comentários

Arquivado em comendo por aí, doce vida, NYC, Viagem com Açúcar

Cinema com Açúcar – Meia Noite em Paris + Bolo fácil

Como eu disse no Facebook essa semana, eu amo o Woody Allen. E muito. Acho que tudo começou há muitos e muitos anos atrás quando, numa tarde ociosa, comecei a assistir Todos Dizem Eu te Amo na tv. Foi amor a primeira assistida, e depois disso assisti grande parte dos seus 47 filmes, muitos estando entre meus preferidos. Tem alguma coisa sobre ele que eu entendo, e não só isso, me identifico. É aquele jeito de falar sem parar e em círculos, que no final faz sentido. Com todo esse amor, é claro que quando saiu o novo Meia Noite em Paris, fui correndo ver.

O filme conta de uma família, viajando a Paris a negócios, e junto vai o noivo da filha, um escritor frustrado. Interpretado por Owen Wilson, Gil Pender escreve roteiros para Hollywood, mas está se aventurando no mundo da literatura. O personagem é um romântico, completamente apaixonado por Paris. Sobre a escolha do ator, devo dizer que fui com um pé atrás. Filmes com o Owen Wilson geralmente significam pra mim não conseguir parar de olhar pra aquele nariz impossívelmente torto e o biquinho que ele faz o tempo todo! Mas depois de assistir, devo dizer que fez muito sentido! Ele e o Woody Allen combinam, duas metralhadoras de palavras.

Gil Pender começa a fazer passeios a meia-noite, para curtir a cidade e quando vê ele é transportado para outra época. É o tipo de filme difícil de falar sobre sem entregar muito da história e estragar tudo! Mas basta saber que se você já parou e pensou que nasceu na época errada vai se identificar muito.

O filme conta com Carla Bruni, e uma interpretação digamos um pouco sofrível. Mas ela não é a única estrela, sendo um filme de Woody Allen você passa o filme todo reconhecendo famosos. O filme é daqueles que você sai mais leve, como se alguém tivesse pego um pensamento seu e transformado em realidade. A trilha sonora é uma delícia, e o figurino maravilhoso! E não vou nem comentar sobre Paris, né! Minha cunhada, que voltou faz pouco tempo, estava todo emocionada!

Bom, sendo um Cinema Com Açúcar, vamos misturar os assuntos! Desde que comecei esse blog, muitas pessoas vêm me falar o quanto eles acham legal pois o máximo que conseguem fazer é bolo de caixinha. Venho, então, dizer que isso não é problema! Assim como o filme, que junta passado e presente, vamos juntar a modernidade do bolo de caixinha com o romantismo de preparar um bolo pensando em alguém!

O almoço da semana da minha família ia ser aqui em casa, então obviamente a responsável pela sobremesa era eu e estava fazendo um bolo de Nutella. Mas mas como tem gente que não gosta de chocolate (???), então resolvi fazer um apropriado!

Bolo de Morango e Blueberry

1 bolo de caixinha de baunilha

1 caixa de morangos

1 caixinha de blueberries

350g creme de leite (gordo, por favor)

açúcar de confeiteiro

Eu aproveitei que minha tia veio do Peru com uma nova leva de Betty Crockers, e peguei a caixa de bolo dela.

Siga as instruções na caixa e sem erro ficará bom! Separe em duas formas redondas e mande pro forno.

Tire do forno e deixe esfriar bem. Quando já frios, corte a barriguinha sobrando para nivelar. E agora vamos começar a customização! Passe uma geléia na parte de baixo, de preferência uma um pouco mais azedinha. Eu usei a geléia de amora da minha vó, que pra mim é a melhor do mundo!

Depois disso faça o recheio. Numa tigela bata o creme de leite e o açúcar de confeiteiro. Agora é uma coisa de gosto, e você pode ir pondo até que esteja doce na medida que você gosta. Para isso você vai ter que ir experimentando. Chato, né? Corte os morangos em pedacinho, junte com as blueberries e com metade do chantilly. Guarde um tanto das frutas pra depois, de preferencia as mais bonitas!

Coloque na primeira metade do bolo e espalhe até as beiradas. Coloque a segunda parte por cima. Com o resto de chantilly que sobrou, cubra o bolo.

Depois disso é só enfeitar com as frutas! E pronto! Vai parecer que deu um trabalhão, quando na verdade é um bolo de caixinha fantasiado!

É claro, fale que foram horas de cozinha, assim, pra fazer moral!

5 Comentários

Arquivado em Cinema com Açúcar, dicas, passo a passo, receita

Cinema com Açúcar – A Rede Social + Crostata de Morango

Como todos devem saber, este filme fala sobre como começou o Facebook. Se você não sabe disso, provavelmente não tem internet e também não está lendo este post, então vou falar com aqueles que sabiam disso.

Em 2003, enquanto Mark Zuckerberg estudava em Harvard, ele resolveu fazer algo que chamesse a atenção das pessoas no campus. Não tendo sido chamado pelas fraternidades que para ele significariam mais oportunidades e portas abertas, ele segue outro caminho. Cria, com a ajuda de alguns colegas, um site que classifica as alunas da faculdade. Este projeto, mesmo sendo retirado do ar em pouco tempo, faz que sejam notados.

Mark é então chamado pelos gêmeos Winklevoss para programar um site de relacionamento para Harvard. Mas enquanto isso, ele próprio segue com seu projeto pessoal, o Facebook. A partir daí, começa a se tornar cada vez maior, mais lucrativo e mais famoso. Mas o sucesso vai trazer muitas complicações para Zeckerberg, tanto pessoais quanto legais. Ele começa a ser processado pelos Gêmeos, que o acusam de ter roubado a ideia, e por Eduardo, seu melhor amigo, e que o ajudou a começar o Facebook e quem Mark deixa praticamente sem nada quando o site decola.

O filme é realmente muito bom, claro que o diretor David Fincher leva grande crédito, pois a direção, a fotografia e a montagem do filme estão ótimas. Mas a interpretação de Jesse Eisenberg do fundador convencido e genial do Facebook é o que chama a atenção. Ainda mais se você vê o Mark Zuckerberg de verdade. Veja esse vídeo para ver os dois juntos. Aliás, este dia foi o primeiro em que os dois se encontrar, pois Fincher proibiu todos os atores principais de encontrar quem estariam interpretando. Andrew Garfield e Justin Timberlake também estão ótimos em seus papéis, do melhor amigo e de Sean Parker, o Napster.

Pra quem já viu, ou planeja ver, algumas curiosidades. Durante uma audiência, é mencionado que Mark Zuckerberg ter inventado o tornou a pessoa mais importante num campus que incluia 19 ganhadores do prêmio Nobel, 15 ganhadores do Pulitzer, dois futuros atletas olímpicos e uma estrela do cinema. A estrela é Natalie Portman, de o Cisne Negro, que estudava em Harvard nesta época. Os atores que interpretam os Gêmeos Winklevoss são realmente idênticos, mas e se eu te disser que eles nem parentes são? Como Fincher não conseguiu encontrar gêmeos que se encaixassem no perfil, ele pegou dois atores diferentes, mas de biotipo parecido e “colou” o rosto de um no outro. E fica realmente imperceptível!

Bom, e com um filme bom desses temos que fazer um doce a altura! A receita é da Ângela, amiga da minha mãe e que também tem coisinhas na Arte Amiga.

Crostata de Morango

Bom, posso ter dito de morango, mas como os cake pops e os waffles você vai poder personalizar e fazer do seu sabor preferido! E o melhor dessa receita: é impressionantemente fácil de fazer e fica com uma cara muito refinada. Ou seja, você pode fingir que deu trabalho!

Ingredientes:

200g de farinha de trigo

100g de manteiga em pedaços

50g de açúcar

1 ovo

Geléia a gosto

Raspas de limão

Pt de sal

Comece colocando em uma tigela a farinha e a manteiga. Com a ajuda de um garfo vá quebrando a manteiga até conseguir uma massa bem granulada. Acrescente o açúcar, o ovo, o sal e as raspas de limão. Com as mãos, misture até virar uma massa firme.

Deixe por pelo menos uma hora na geladeira e depois abra numa superfície com farinha. Separe um pedacinho para depois. Abra até ela ficar numa espessura de mais ou menos meio centímetro. Passe para uma forma untada. Não se preocupe se a massa rasgar na hora de passar para a forma, você pode emendar depois. Você pode ver pela foto 2 que foi o nosso caso.

Agora é a hora da geléia! Nós escolhemos uma de morango, feita em casa pela minha tia Dóris, com a fruta inteira. Yumi! Mas novamente, você pode escolher o que você mais gosta! Ou a que tiver em casa… Ou Nutella!!! Alguém tenta com Nutella, por favor? E daí me conta? Obrigada. Mas façam uma camada fina mesmo, nada de jogar o pote de geléia inteiro em cima da massa. Resista a tentação.

Pegue aquele pedacinho de massa que tinha separado e abra ele. Faça tirinhas de mais ou menos um centímetro e comece a colocar em um sentido, lado a lado, com um espaço entre elas.

E então faça no outro sentido, formando uma rede. Uma rede! Entenderam? Rede Social? Nossa, como eu sou espertinha! Por cima das tirinhas pincele uma gema, assim ficará mais dourado.

Depois é só uns 20 minutinhos no forno a 190º e pronto!

Mas lembrem, finjam que deu muito trabalho! É sempre bom manter a imagem de quem trabalhou demais na cozinha para agradar!

7 Comentários

Arquivado em aventuras culinárias, Cinema com Açúcar, dicas, passo a passo, receita

cupcakes para a cunhada

morango e hortelã

Sabe aquele ditado “casa de ferreiro, espeto de pau”? Funciona bem quando você é fonoaudióloga e já nas primeiras palavras da sua filha, vê que ela fala tudo errado (sim, a filha sou eu). Ou quando você é doceira e tem uma cunhada que não gosta de doces!

É meu caso, a namorada do meu irmão passa batido pela maioria das sobremesas, inclusive os meus cupcakes, o que deixa o meu ego de doceira extremamente abatido. Mas um dos meus livros recém chegados, o Wild About Cupcakes, tem receitas mais, digamos, saudáveis. Então entreguei pra ela escolher uma receita e foi essa a escolhida:

Um breve parabéns pra cunhadinha que conseguiu escolher a receita com menos açucar que eu já vi na minha vida! Mandei pra ela e ela foi demais e me mandou as fotos da “degustação”.

olha como ela gostou

A srta. Jéssica é mestre em conseguir pontos com a família, o modo mais comum é rir das piadas do meu pai. Mesmo quando ele conta em italiano e ela não entende. E devo admitir… Vários pontos pelas fotos!

a prova

E claro que eu tinha que ter a prova dela realmente comendo! Pelo jeito agradou!

1 comentário

Arquivado em aventuras culinárias, doce vida