Arquivo da tag: NYC

Livros com Açúcar – Mastering the Art of French Cooking

DSC_0670

Quando comecei esse blog, fazia poucos meses que o filme Julie e Julia tinha sido lançado. Como era de se esperar recebi alguns comentários de ‘Uau, igual no filme!’. Pra falar a verdade uma coisa não teve nada a ver com a outra, o começo do blog foi mais ao acaso que inspirado em alguém.

Mas quanto mais a minha vida na cozinha foi passando, mais e mais eu fui me identificando com a Rainha Child. Uma mulher que acredita que qualquer um pode cozinhar, que os erros na cozinha nunca aconteceram se ninguém ver. É quase como ela transformasse o famoso “se uma árvore cai na floresta e ninguém escuta, ela faz barulho?” em “se a omelete se espatifa quando você tenta virar ela na cozinha, alguém vai saber quando você servir ovos mexidos na mesa?”.

Como essa mulher é quase minha irmã de alma, nada mais justo que o primeiro post do Livros com Açúcar fosse dela! Esse livro aí foi comprado numa das minhas lojas preferidas de NY, a Alabaster Bookshop, uma minúscula livraria de livros usados. Daquelas que tem tudo, desde primeiras edições assinadas pelos autores a cópias de Crepúsculo sendo doadas do lado de fora. E que isso é o que você encontra dentro dela não atrapalha também.

IMG_1385

E foi lá que eu encontrei essa belezura! Já teria sido o suficiente que era um livro que eu sempre quis, com cara de antigo e que custava só 10 dólares! Mas não, ele é muito mais que isso. Uma coisa que eu descobri muito recentemente é que ele é a SEGUNDA EDIÇÃO! Sim, e eu paguei 10 dólares. Choquem.

DSC_0675

Mas as coisas legais desse livro não param aí! Ele veio com pedacinhos da pessoa que tinha ele antes! Como assim? Dentro das páginas vieram guardadas receitas xerocadas e com anotações, e também jornais antigos com recortes de receitas.

PicMonkey Collage

Sou só eu que acho essas coisas antigas mega românticas? Fico imaginando essa mulher, vestindo seu avental, de pé na sua cozinha aprendendo com a Julia. E cá estou eu, quase 55 anos depois fazendo a mesma coisa. Como não ver a beleza disso??

Então vamos dar as mãos e fazer um passeio romântico no tempo e na cozinha com a Julia, e aprender a fazer o Mousse de Chocolate! E pela primeira vez no blog, em vídeo!

Vejam como fazer e ainda aproveitem minha maravilhosa imitação da Julia!

E sabem, aquele esquema de sempre! Se gostar do vídeo, entra lá no youtube, dá um like, assina o canal, manda pra todas as mulheres da família e pros homens seletos que se aventuram na cozinha. Sabe, quase nada!

Os Ingredientes seguem abaixo!

170g de chocolate meio amargo
170g de manteiga
170g de açúcar
4 ovos (claras e gemas separadas)
2oz ou 60ml café
uma pitada de sal
1/2oz ou 15ml de Rum

Anúncios

5 Comentários

por | 23 de setembro de 2013 · 15:27

a menina que gritava ‘voltei’!

Lembra daquela história do menino que gritava lobo? Chega um ponto que ninguém acredita mais nele e, em boa forma “conto-de-fadística”, é claro que naquele momento ele encontra um lobo de verdade. Então ele grita “LOBO! LOBO! Loobgjjuh….”, se é que vocês me entendem.

Bom, estou sentindo que já falei “voltei” tantas vezes nesse blog que é capaz de ninguém acreditar quando eu começar a gritar “BOLO! BOLO! BOLO!”! Tá, mentira. Na hora que envolve bolo acho que todo mundo resolve dar o benefício da dúvida…

Mas tá na hora de gritar de novo: VOLTEI! De New York, depois de ter passado o ano mais incrível da minha vida. E mais uma vez, VOLTEI: pro blog! Sério, juro. Desde que cheguei minha família vem colocando meu curso à prova, realizando todos os sonhos gastronômicos que eles possam ter!

Então vem acontecendo coisas por aqui como uma tal torta de chocolate sem farinha que chegou a ser feita três vezes na mesma semana.

Uma sessão francesa, com uma tarte tatin clássica e croissants, que foram cronometrados perfeitamente pra ficarem prontos na hora da chegada da família em casa.

O começo de um estudo de como fazer um simples Cinnamon Roll se transformar numa coisa totalmente diferente!

Muitos desses vão aparecer aqui de novo em breve, mas daí com a receita e como fazer! Sou assim boazinha. Tá, nem tanto. Tem uma dessas receitas entrando para o Hall das Receitas secretas, fazendo companhia para o brownie.

Mas enquanto isso vai a pergunta que faço pra minha família toda semana: o que vocês querem que eu faça?

Você tem algum pedido? Sempre quis fazer “X” e nunca soube como? Deixa que eu “Xiso” pra você e te ensino! Adoro sugestões!

Agora, não pense que é tudo que eu faço é ficar na cozinha. Dá pra fazer um bom tanto disso também:

Ahh, é bom estar em casa!

10 Comentários

Arquivado em aulas na cozinha, aventuras culinárias, Curitiba, doce vida, ICE, NYC

10, 9, 8…

10. Isso, dez. É só isso que falta para acabar meu curso de pastry. 10 aulas. Como? Alguém me diz como passaram 90 aulas? Como já faz 6 meses que estou aqui? Como eu já estou trabalhando? Por que eu sou incapaz de achar um par de meias e estou sempre com elas desparceiradas?

Bom, acho que a resposta pra todas sou eu que tenho. E a da última vai ser pra sempre um mistério… Mas eu sei, e muito bem onde foram parar 90 aulas. Aqui, na minha cabeça. É impressionante parar para pensar como antes disso tudo eu sabia pouco sobre essa tal de cozinha que eu tanto amo! Que eu sempre soube comer, isso não havia dúvidas! Mas uau, como eu aprendi.

Por exemplo, passei de achar que strudel era uma sobremesa gostosa que minha vó fazia, para saber esticar uma massa sobre uma mesa inteira!

E a fazer perfeitos croissants, é claro!

Se tem uma coisa que faz as pessoas me olharem com uma cara estranha, é quando eu conto que não sou fã de pão. Desculpa, não gosto. Sanduíches? Não vejo graça nenhuma. Fazer o que, gosto é gosto e esse é o meu. Mas quando eu ia imaginar que eu ia amar fazer os tão desgostados pães? E ainda levar jeito pra coisa! Foram muitas e muitas baguetes, rolos e todo outro tipo de pão que você pode imaginar!

O mais legal é ver o próprio avanço! Por exemplo, o primeiro bolo que fizemos… que desastre. O maior desafio da vida era segurar aquele bolo de 5 kgs e cobrir com buttercream. O pulso doía, o bolo quase caia e o buttercream ia parar em todo lugar menos no bolo…

Algumas semanas depois deste primeiro bolo, estava na hora da prova prática! E olhe só a diferença! Ângulos retos, topo liso, decoração perfeita e é claro, aquela camada generosa de buttercream que esses americanos tanto gostam. Como diria minha chef, esse bolo merece 100! E foi o que ganhou!

É, o tempo passa, mas com ele vem muita coisa! E cada vez mais eu gosto, cada vez mais fico feliz com a minha escolha!

Logo, logo mostro os últimos passos das minhas aulas! Os últimos 10 passos…

14 Comentários

Arquivado em aulas na cozinha, aventuras culinárias, desastres na cozinha, doce vida, ICE, NYC

NYC Tips

Há alguns meses atrás, contei por aqui que em breve estarei morando em New York para estudar a linda arte dos doces! Contei em que escola vou estudar, que já achei lugar para morar, consegui meu visto… Mas essa semana veio a coisa que torna a viagem extremamente real! As passagens! Compradas e é isso! Eu vou!

Mas como vai rolar uma viagem no meio do caminho, sobre a qual vou contar depois, eu tenho menos tempo no Brasil do que fora dele até eu ir para New York! Ou seja, o tempo urge! Ou ruge, como se diz na minha família…

As coisas “oficiais” já tenho preparadas, como a escola, lugar para morar, visto… Mas agora vem a parte mais legal! Todas as coisas que eu quero ver, conhecer e, é claro, comer! Para isso, esses tem sido meus livros de cabeceira nos últimos tempos:

Tá bom. Não só esses. Não quero parecer louca, então não vou mostrar todos… Mas só direi que tenho um novo vício em guias de viagem… Mas não vem ao caso! Esse três são meus preferidos, todos desse ano e com focos diferentes! Mas o meu prefeito é o da Didi, que parece alguém que você conhece mesmo dando dicas de lugares que você vai gostar!

Mas é tanta coisa que eu quero ver, que eu precisava de um lugar para compilar tudo! Por isso, comprei um Moleskine Travel de New York! (Sim, também tenho vício em Moleskines) Ele é demais, vem com várias informações importantes e ainda mapas de todos os bairros e do metro!

Mas agora é hora de encher o caderninho de dicas! E é aí que vocês entram! Você tem alguma dica dessa cidade maravilhosa? Já foi e comeu num restaurante delicioso? Fez compras num brechó charmoso? Descobriu o bar mais legal, que ninguém conhece ainda? O teatro com as peças mais legais? Ou um parque perfeito para fazer um picnik? Ou até a melhor deli pra fazer compras? E o melhor lugar pra se tomar um café?

Gente! Está valendo tudo! Quero saber o máximo possível de dicas, afinal um ano é tempo o suficiente para ver de tudo! E não tem jeito melhor do que seguir dicas de quem já passou por lá! Com as dicas espero encher meu Moleskine antes de viajar!

Já tem até dicas anotadas! Ali em cima está a da Ivi, do Style Update, que deu uma ótima dica de restaurante!

E você? Qual é a sua dica?

10 Comentários

Arquivado em comendo por aí, dicas, doce vida, Viagem com Açúcar

It’s official!

Todo mundo que lê meu blog tem acompanhado meu caminho me afastando do “amadora” e me levando a ser uma doceira de verdade. Tem um passo que está sendo planejado faz tempo, mas eu ainda não contei. Isso é, ainda não contei aqui! Isso porque eu estou tão animada que eu raramente falo em outra coisa, conto pra todo mundo, e se você me encontrou na rua esses tempos já deve saber. Mas hoje dei o primeiro passo oficial, mandei o application e minha vaga está reservada! Vaga do que, você me pergunta. Eu respondo: Institute of Culinary Education!

Depois de muita pesquisa de cursos, achei a ICE! Com os melhores professores, melhores equipamentos e melhor currículo, é claro que foi a escolhida!

Vou fazer dois cursos: Pastry & Baking, que engloba toda a parte de doces e de panificação. A escola ensina culinária de vários países, começando pelo clássico francês e indo em direção ao contemporâneo.
Chato, né? E junto, vou fazer também o Culinary Management, que é uma administração de restaurantes, que ensina desde a formulação de um menu a como fazer pedidos e lidar com garçons!

Se você não conhece a escola, mas assiste Top Chef, saiba que muitos dos participantes são alunos de lá, e na temporada do Just Desserts alguma provas são feitas lá mesmo!

O mais bacana dessa escola é que, depois de 9 meses de aulas, você tem 3 meses de estágio nos restaurantes, hotéis e buffets de NY! E olha que os caras tem contatos, hein? Se você ver a lista dos que eles indicam, acredite, é de babar.

Gente, é claro que, como tudo na vida, ainda não é 100% de certeza. Nada é, né? Mas tudo parece estar dando certo com os documentos, inscrição, e até já achei onde morar. Sim. Morar. Em NY. Alguém me belisca?

Toda vez que penso que em poucos meses eu posso estar morando na cidade mais legal do mundo eu não consigo evitar e faço uma dancinha assim:

Acreditem, esse Yoda dançando é uma ótima representação do que realmente acontece. Até a altura.

Mas claro, alguns reconhecimentos são necessários! Primeiro, para a Ana Paula, da Unimundo. Sete anos atrás, fui para os EUA fazer intercâmbio, e agora vou com ela de novo! Quem tiver pensando em viajar, eu indico! É uma tranquilidade gigante ter alguém de confiança na hora de lidar com coisas tão legais, como visto e documentação.

E é claro, pros meus pais. Desculpa aí, mas eles são os melhores do mundo! Não adianta ter sonhos sem alguém pra te apoiar, e isso eu tenho. Ah, como eu tenho.

7 Comentários

Arquivado em aulas na cozinha, aventuras culinárias, doce vida, Viagem com Açúcar